Esporte

VAR na Copa das Confederações: entre a justiça e a confusão

26/06/2017 16h07

Kazan, Rússia, 26 Jun 2017 (AFP) - Erros corrigidos em troca de criar outros problemas: a confusão depois do cartão vermelho na partida entre Alemanha e Camarões, no domingo, durante a Copa das Confederações, mostrou os limites da vídeo-arbitragem (VAR).

- Mais justiça -"Globalmente, os resultados são muito positivos. Mas é verdade que precisam melhorar em muitos aspectos. O mais importante é que o vídeo não deixou nenhum erro claro passar", declarou Massimo Busacca, chefe de arbitragem da Fifa, nesta segunda-feira, em coletiva de imprensa em São Petersburgo.

"29 decisões importantes foram tomadas com a confirmação do vídeo e seis delas foram alteradas", indicou o italiano.

O VAR aumentou a justiça, por exemplo, na hora de anular gols em jogadas de impedimento, algumas delas impossíveis de perceber no tempo real.

O mexicano Héctor Moreno sentiu os dois lados do uso do recurso: "contra Portugal, o vídeo ajudou porque anulou um gol de Nani. Agora com a Rússia prejudicou, porque estava impedido e era preciso ter assinalado. É em benefício do futebol, apesar de ter sobrado para mim, infelizmente".

No domingo, depois de uma dividida entre o alemão Emre Can e o camaronês Ernest Mabouka, o árbitro colombiano Wilmar Roldán pediu ajuda para o VAR.

Na sequência, se dirigiu a Sebastien Siani e o expulsou. Os Leões Indomáveis protestaram muito e o colegiado consultou o vídeo mais uma vez, alterando a punição de Siani para Mabouka. Tudo isso em aproximadamente três minutos de confusão.

"Todo mundo estava confuso, eu também. Não sabíamos o que estava acontecendo", comentou o técnico de Camarões, o belga Hugo Broos.

"Foi tempo demais", admitiu Busacca, "mas no final o jogador certo foi expulso. Imaginem sem VAR, o árbitro teria sacado o cartão vermelho para o jogador errado. Hoje falamos de dois ou três minutos, o que é inaceitável. Temos que melhorar, mas no fim o que fica é a honestidade".

Até agora, a rapidez na hora de tomar as decisões tem sido o grande problema do VAR. "Em alguns casos, provou sua utilidade, mas é preciso melhorar. Se as decisões puderem ser tomadas rapidamente, acho que está tudo certo", indicou o treinador da seleção alemã, Joachim Löw.

- Comemoração interrompida -Contra Camarões, o Chile comemorou o primeiro gol fazendo uma coreografia imitando uma partida de videogame, quando o árbitro decidiu anular o gol de Eduardo Vargas.

"Este sistema tira a essência do futebol. É um pouco estranho que não possamos comemorar o gol tranquilamente", falou o meia Marcelo Díaz.

"Falta só colocar um show na hora do intervalo e acrescentar mais dois tempos para virar futebol americano", acrescentou o companheiro Jean Beausejour.

"Para o fair play está certo, mas é uma agonia cada vez que o árbitro decide conferir o vídeo. É sofrido todas as vezes", indicou o treinador do México Juan Carlos Osorio.

O treinador de Portugal questionou o uso do vídeo para algumas situações e não para outras. "No gol do 2 a 2, algumas coisas não ficaram claras dentro da área, mas tudo bem, eu aceito", comentou Fernando Santos depois do jogo entre Portugal e México.

O treinador russo Stanislav Cherchesov pediu o uso do VAR na partida contra o México, depois do lateral esquerdo Yuri Zhirkov cair na área por um contato.

"Se foi um erro de arbitragem, o VAR não foi útil. Mas se não teve erro, então foi uma boa decisão", comentou Cherchesov.

"O VAR evita muitos erros, mas é claro que não vai eliminar todos", acrescentou Busacca nesta segunda-feira.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo