Esporte

Chapecoense leva gol no último minuto e perde para Defensa y Justicia

28/06/2017 21h26

Buenos Aires, 29 Jun 2017 (AFP) - A Chapecoense deixou escapar o bom resultado fora de casa contra o Defensa y Justicia, nesta quarta-feira, depois levar um gol no último minuto da partida de ida, pela segunda fase da Copa Sul-americana.

Com um jogador a menos desde o início do segundo tempo, o Furacão segurou o resultado até os 49 minutos da segunda etapa, quando Stefanelli apareceu livre na área para cabecear para as redes.

Em pouco mais de 4 minutos, Andrei Giroto levou dois cartões amarelos e deixou o time catarinense com 10 jogadores aos 7 minutos do segundo tempo.

Apenas 5.000 torcedores compareceram ao estádio Norberto Tomaghello para acompanhar o time, que surpreendeu na primeira fase ao eliminar o São Paulo mas que comprovou a boa fase no campeonato argentino, com 8 vitórias nos últimos 10 jogos.

Já as derrotas para Botafogo, Flamengo e Atlético Mineiro no Brasileirão pressionaram o Furacão do Oeste, principalmente o técnico Vágner Mancini.

- Expulsão boba -A partida foi marcada pela despedida do treinador Sebá Beccacece, que vai auxiliar Jorge Sampaoli na seleção da Argentina. A torcida rendeu homenagem para o comandante.

Quem tomou as rédeas do jogo no início foram os visitantes. A Chape estava bem fechada, escalada com três volantes na frente da área para evitar contra-ataques, mas jogava em cima. As melhores escapadas eram pelo lado direito, com a velocidade de Apodi.

O Verdão do Oeste tinha a intenção clara de levar a decisão para o jogo de volta, em Chapecó.

Na segunda etapa, a missão ficou mais complicada. Andrei Girotto levou o primeiro amarelo em falta boba no meio de campo, aos 3 minutos, e apenas quatro minutos depois levou o segundo e foi para o vestiário mais cedo.

Beccacece aproveitou a superioridade numérica e colocou o time pra frente. Os argentinos tinham média de 70% na posse de bola, mas não conseguiam furar o bloqueio da Chape. Mancini recuou o time e aproximou as linhas, colocando todos atrás da linha da bola.

A estratégia chamou o time da casa para o campo de ataque. O Defensa começou a chegar mais vezes ao gol, mas Jandrei mostrava segurança e defendia as bolas, normalmente sem perigo.

A retranca desgastou o time, que pecou na falta de atenção no último minuto, na única oportunidade que a defesa catarinense deu bobeira.

Em jogada pela esquerda, o Defensa jogou a bola na área e Stefanelli apareceu livre para testar para as redes, aos 49 minutos do segundo tempo.

A partida de volta vai ser disputada na Arena Condá, dia 27 de julho, às 19:15h pelo horário de Brasília. A Chape precisa vencer por 2 a 0 para se classificar e vitória simples por 1 a 0 leva o jogo para os pênaltis.

fa

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo