Basquete

Astro da NBA jogará torneio profissional de golfe e causa polêmica

Divulgação/NBA
Imagem: Divulgação/NBA

Da AFP, em Nova York

29/06/2017 13h52

O armador Stephen Curry, campeão da NBA com o Golden State Warriors, participará de um torneio do circuito americano profissional de golfe a convite da organização da competição. Curry, entusiasta de golfe, recebeu na quarta-feira uma convocação para disputar o Ellie Mae Classic, de 3 a 6 de agosto, perto de São Francisco, na Califórnia.

"Estou muito honrado de ter a oportunidade de jogar ao lado de jogadores profissionais", explicou Curry em comunicado publicado pela organização do torneio, que conta com o apoio da Warriors Community Foundation, fundação caritativa da equipe de Golden State.

"O golfe sempre foi uma paixão, é um sonho que vira realidade poder jogar um torneio profissional", continuou o bicampeão da NBA, eleito Jogador Mais Valioso (MVP) da Liga em 2015 e 2016. Por sua conta no Twitter, Curry explicou que não pretende se aventurar numa nova carreira: "Meu objetivo é só jogar bem e ver como eu lido com um torneio profissional".

A notícia do convite dado pela organização do torneio, porém, não foi bem recebida por alguns jogadores profissionais de golfe, como os americanos Lee McCoy e John Peterson. "Steph Curry, que tem um handicap de 2.2, pode participar de um torneio do circuito, quando muitos jogadores profissionais gostariam de ter essa chace. É triste", tuitou McCoy, 23 anos.

"Já que é assim, o Andrew Loupe (outro jogador de golfe) poderá jogar na D-League (Liga de desenvolvimento da NBA)? Acho que é uma decisão ruim em todos os níveis, ele está tomando o lugar de um profissional que está tentando se consolidar", lamentou por sua vez Peterson.

Outros jogadores de maior renome defenderam o convite a Curry. "Nunca teríamos ouvido falar deste torneio" se Curry não fosse convidado, lembrou Billy Horschel, vencedor de quatro torneios do circuito PGA, um em 2017.

"Fico feliz por Steph Curry. Há muita polêmica, mas ele foi convidado e é claro que diria sim! É bom para o torneio e para o circuito", concordou Justin Thomas, revelação da temporada, com três títulos em quatro meses.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
Esporte Ponto Final
Redação
Redação
Bala na Cesta
Na Vitrine
Redação
Redação
Redação
Redação
Bala na Cesta
Esporte Ponto Final
UOL Esporte
Redação
Bala na Cesta
Blog Olhar Olímpico
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Esporte Ponto Final
UOL Esporte
UOL Esporte
Redação
Redação
Bala na Cesta
EFE
Redação
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Topo