Topo

Esporte

Cristiano Ronaldo é liberado da seleção pra conhecer filhos recém-nascidos

29/06/2017 10h36

Lisboa, 29 Jun 2017 (AFP) - A seleção de Portugal liberou o craque Cristiano Ronaldo para deixar a concentração da equipe, que disputa a Copa das Confederações na Rússia, para que possa conhecer seus filhos recém-nascidos, anunciou a federação lusa.

O atacante do Real Madrid se tornou pai de gêmeos pouco antes do início do torneio, no qual Portugal foi derrotado na quarta-feira pelo Chile (0-0; 3-0 nos pênaltis), pelas semifinais.

"Estou muito feliz de poder enfim conhecer meus filhos (...) Estive a serviço da seleção, como sempre, de corpo e alma, inclusive sabendo que meus filhos já tinham nascido", escreveu o astro em sua página no Facebook.

"Lamentavelmente, não conseguimos alcançar o principal objetivo esportivo que queríamos, mas tenho certeza que seguiremos dando alegrias aos portugueses", completou.

De acordo com a imprensa portuguesa, os gêmeos de CR7, um menino e uma menina, se chamam Eva e Mateo e nasceram em 8 de junho.

Como já tinha feito com seu primogênito, Cristiano Júnior, nascido em junho de 2010 de uma mãe que reside na costa oeste dos Estados Unidos, o quatro vezes Bola de Ouro recorreu a uma 'barriga de aluguel'.

"Apesar do nascimento de seus filhos, Ronaldo se preocupou em permanecer a serviço da seleção nacional, um gesto muito nobre", elogiou a federação portuguesa (FPF) em nota.

"Diante da impossibilidade de ganhar a Copa das Confederações, o presidente da FPF e o técnico entendem que devem liberar o jogador para que este possa, finalmente, conhecer seus filhos", concluiu a entidade.

A seleção português disputará no domingo em Moscou uma partida pelo terceiro lugar da Copa das Confederações. O adversário será o perdedor do duelo da outra semifinal, entre Alemanha e México, que se enfrentam nesta quinta.

bh/am

FACEBOOK

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte