Esporte

Infantino comemora sucesso do VAR na Copa das Confederações

01/07/2017 15h48

São Petersburgo, 1 Jul 2017 (AFP) - O presidente da Fifa, Gianni Infantino, declarou, neste sábado, que o uso da vídeo-arbitragem (VAR) evitou erros graves e foi um grande sucesso na Copa das Confederações.

"O VAR foi um grande sucesso. Foram seis mudanças de decisão que o VAR corrigiu os erros dos árbitros. Sem o VAR teríamos tido um torneio diferente, menos justo dentro de campo. Os grandes erros foram evitados", indicou Infantino, em coletiva de imprensa em São Petersburgo.

"Claro que é um teste. Quando se testam coisas, quando se tem coragem para fazer, é preciso tempo. Precisamos trabalhar os detalhes, como a comunicação e a velocidade para tomar as decisões", avaliou o mandatário.

"Quando se trata de uma decisão que deixa espaço para a interpretação, é sempre o árbitro que vai decidir. Sempre vão existir discussões e polêmicas. Quando tem contato, é pênalti ou não? O árbitro é quem decide, quem avalia o impacto real. As discussões vão continuar, mas os grandes erros serão corrigidos", precisou.

Pierluigi Collina, presidente da comissão de árbitros da Fifa, também participou da coletiva. A primeira coisa que fez foi compartilhar o comentário de um dos árbitros: "ele me escreveu: 'agora aproveito os jogos verdadeiramente, porque sinto menos pressão'".

"O balanço é muito positivo, mas não podemos esquecer que estamos numa fase de desenvolvimento. O VAR foi utilizado em 74 jogos, é pouco. O resultados são positivos, mas estamos cientes de que podemos melhorar", revelou o ex-árbitro italiano.

"Quando o assistente de vídeo está na tela, tem pouco tempo para analisar e encontrar a melhor interpretação. A pressão é alta. Existe menos pressão sobre o árbitro, mas mais sobre o assistente de vídeo", acrescentou.

- Fatos e interpretações -"O VAR não vai consertar tudo, não está concebido para substituir a interpretação. Não é o que buscamos. Queremos evitar os erros que todos lembramos durante anos, os que realmente afetaram o resultado final de uma partida ou competição", analisou Collina.

É preciso deixar claro o que significa "clearly wrong" (claramente errado, em inglês). É diferente quando se trata de um fato, como um impedimento, ou de uma interpretação, que pode ser diferente dependendo da pessoa que a tomar. Vamos trabalhar nos próximos meses para estarmos preparados para o futuro", explicou.

A International Board (Ifab), órgão que garante as regras do futebol, vai fazer um balanço sobre os testes em março de 2018. O recurso foi autorizado em março de 2016.

Os casos em que o assistente de vídeo terá peso sobre o árbitro central são quatro: validação de gol, cartão vermelho, pênalti e para advertir algum jogador, caso haja dúvida.

Gianni Infantino quer a implementação da assistência de vídeo de maneira definitiva no Mundial da Rússia-2018.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo