Esporte

Palmeiras leva gol nos acréscimos e perde para Barcelona na ida das oitavas da Libertadores

06/07/2017 00h33

Guayaquil, Equador, 6 Jul 2017 (AFP) - O Palmeiras foi dominado e acabou derrotado por 1 a 0 pelo Barcelona equatoriano em Guayaquil, sofrendo um gol nos acréscimos do jogo, nesta quarta-feira na partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores.

Em jogo de final eletrizante e claramente dominado pelo time local, o atacante Jonathan Álves anotou o único gol da partida nos acréscimos, com um chute de fora da área que desviou em Bruno Henrique antes de enganar o goleiro Fernando Prass, premiando a sólida atuação do Barcelona.

A partida de volta será disputada em 9 de agosto no Allianz Parque, em São Paulo. O vencedor deste confronto enfrentará nas quartas de final Atlético Paranaense ou Santos. No jogo de ida, também disputado nesta quarta, o Santos venceu o Atlético por 3 a 2 fora de casa.

No estádio Monumental de Guayaquil, as duas equipes entraram em campo com uma estratégia muito definida.

Conscientes de que um bom resultado como anfitriões era vital para suas aspirações, os 'Canários' se dedicaram a pressionar a saída de bola do Palmeiras, mas nenhuma das poucas chances criadas nos primeiros 45 minutos conseguiu assustar o gol de Fernando Prass.

Enquanto isso, o Porco se contentou em deixar a bola com o adversário e tentar partir no contra-ataque, explorando o rápido ataque formado por Dudu, Willian e Borja.

Quase deu certo.

Aos 22, a chance mais clara no jogo para o Palmeiras saiu dos pés de Dudu. O capitão roubou a bola no meio de campo, driblou o marcador e disparou em direção ao gol equatoriano.

- Porco tenta segurar empate -Da entrada da área, rolou para Willian chutar cruzado e rasteiro, mas a bola saiu pela linha de fundo após raspar a trave do gol de Banguera.

No segundo tempo, muito mais movimentado, o Palmeiras sofreu mais.

Sem conseguir segurar a bola no ataque, os comandados de Cuca deixaram o Barcelona gostar do jogo e atacar incessantemente.

Nos últimos 15 minutos, a pressão equatoriana aumentou ainda mais e, apesar das mudanças de Cuca, que tirou o apagado Borja para a entrada do veloz Keno e trocou o veterano Zé Roberto pelo jovem Róger Guedes, o Palmeiras não conseguiu impor seu jogo e chegou a torcer para que o árbitro apitasse logo o fim da partida.

Quando tudo indicava que os palmeirenses conseguiriam voltar para São Paulo com um modesto, porém importante empate sem gol fora de casa, o Barcelona encontrou seu merecido gol.

No último lance da partida, já nos acréscimos, o uruguaio Álvez recebeu na entrada da área paulista e arriscou o chute de longe.

Bruno Henrique tentou travar, mas acabou desviando a bola, que enganou Fernando Prass e foi morrer no fundo do gol, para delírio da fanática torcida de Guayaquil.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo