Topo

Esporte

Zidane afirma não ter pedido reforços para o ataque do Real Madrid

Lucy Nicholson/Reuters
Zinedine Zidane comanda treino do Real Madrid na UCLA Imagem: Lucy Nicholson/Reuters

24/07/2017 10h50

Santa Clara, Estados Unidos, 24 Jul 2017 (AFP) - O técnico do Real Madrid, o francês Zinedine Zidane, garantiu no domingo que não pediu reforços para o ataque, aparentemente pondo fim aos boatos de que o clube estaria tentando a contratação da promessa francesa Kylian Mbappé.

"Eu não pedi nada, conversei com o presidente, temos um grupo de 28 jogadores, isso é muito bom, estou feliz, trabalhamos bem juntos", declarou Zidane em coletiva de imprensa após a derrota nos pênaltis (1-1, 2:1) em amistoso para o Manchester United.

"Veremos o que vai acontecer até 31 de agosto", data do fechamento da janela, continuou.

Questionado pela imprensa a respeito de um possível reforço no meio de campo, o ex-capitão da seleção francesa manteve o discurso: "Por enquanto estou satisfeito com o grupo que tenho, estou pensando na temporada que se aproxima com os jogadores que tenho sob meu comando".

"Mas tudo pode acontecer até dia 31 de agosto", repetiu.

O Real Madrid viu partir o atacante espanhol Álvaro Morata, comprado pelo Chelsea, e o nome de Mbappé é diariamente citado para substitui-lo, mas o atacante francês de 18 anos está sob contrato no Monaco, que não parece disposto a abrir mão de sua joia.

No sábado, Zidane havia deixado entender que precisava de reforços com a saída de Morata: "Não vou dizer que nos falta um centroavante, mas temos um atacante a menos do que no ano passado, isso é fato. Vamos ver como lidar com isso", declarou.

Mais Esporte