Esporte

CR7 comparece a interrogatório por suposta fraude fiscal

31/07/2017 11h34

Madri, 31 Jul 2017 (AFP) - O craque português Cristiano Ronaldo compareceu, nesta segunda-feira, a um tribunal próximo de Madri para responder sobre possível crime de sonegação fiscal, diante de ofensiva da justiça espanhola contra as irregularidades no mercado futebolístico.

O argentino Lionel Messi, rival do luso no Barcelona, foi declarado culpado pelo mesmo delito no ano passado.

Eleito quatro vezes o melhor jogador do mundo, o atacante do Real Madrid chegou ao tribunal de Pozuelo de Alarcón, pequeno município na zona metropolitana da capital, para fazer declarações sobre o caso a portas fechadas.

CR7 entrou pelo estacionamento, evitando a grande quantidade de jornalistas localizados na entrada do edifício.

O jogador de 32 anos deve ser notificado de que é investigado por suposta evasão fiscal de 14,7 milhões de euros relacionados por direito de imagem.

O encontro com a justiça tirou Ronaldo do Clássico amistoso contra o Barcelona, em Miami, vencido pelos catalães por 3 a 2, no sábado.

Considerado o atleta mais bem pago do mundo, pela revista Forbes, CR7 é mais um da extensa lista de jogadores de futebol que compareceram à justiça.

Além de Messi, Neymar e Javier Mascherano foram outros craques do Barça a serem condenados, em 2016.

A ofensiva da receita federal espanhola também passou pelo Real Madrid: Ronaldo, Ángel di María, José Mourinho, Fabio Coentrão, agenciados pelo português Jorge Mendes, incriminado no final de junho também por um juiz do tribunal de Pozuelo.

Especificamente contra Ronaldo, a procuradoria disse que o atacante utilizou uma estrutura de empresas localizadas na Irlanda e nas Ilha Virgens Britânicas, entre 2011 e 2014, para "ocultar as receitas geradas na Espanha por direitos de imagem, algo que indica o não cumprimento voluntário e consciente de suas obrigações ficais na Espanha".

Ronaldo declarou 11,5 milhões de euros tardiamente em 2014, para cobrir as receitas do período entre 2011 e 2014, apesar de morar no país desde 2009. No entanto, o valor de impostos devidos estaria na casa dos 43 milhões de euros.

A isso, se acrescentam outros 28,4 milhões de euros ocultados da receita fiscal, correspondentes aos direitos de imagem entre 2015 e 2020.

No total, Ronaldo teria deixado de pagar 14,7 milhões de euros aos cofres públicos.

- Consciência tranquila -CR7 garantiu que "sua consciência está tranquila".

"Vai declarar com normalidade", revelou à AFP um porta-voz de sua defesa, sem entrar em detalhes.

Por outro lado, a empresa de Jorge Mendes, Gestifute, defendeu sua inocência e desmentiu que existiria um esquema para fraudar os valores de receita do jogador.

As manchetes sobre a suposta fraude não agradaram o português, que em várias ocasiões manifestou abertamente o cansaço com o caso. Inclusive, foi especulada a saída do craque do Real Madrid, onde chegou em 2009 e em que é o maior artilheiro da história do time.

Depois de semanas de especulações, Ronaldo pareceu confirmar a permanência na semana passada, ao declarar ao jornal Marca que gostaria de continuar levantando títulos com o Real Madrid.

Se chegar a ser condenado, CR7 vai precisar pagar multa mínima de 28 milhões de euros, segundo o sindicato de técnicos do ministério espanhol de receita, Gestha.

O valor equivale a um terço do que Ronaldo ganhou no ano passado, aproximadamente 93 milhões de dólares, segundo a revista Forbes.

bur-du/ra/fa

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo