Esporte

Karsten Warholm é campeão mundial dos 400 metros com barreiras

09/08/2017 18h13

Londres, 9 Ago 2017 (AFP) - O norueguês Karsten Warholm se tornou campeão mundial nos 400 metros com barreira masculino, nesta quarta-feira, ao completar a prova no Mundial de atletismo de Londres em 48 segundos e 35 centésimos.

O jovem de 21 anos surpreendeu os favoritos, impôs ritmo forte e superou o turco Yasmani Copello, que levou a prata (48.49), e o americano Kerron Clemente, bronze (48.52). Ao cruzar a linha de chegada, Warholm pareceu não acreditar no feito e desabou de alegria.

Nos 400 metros livres femininos, a campeã olímpica de Bahamas, Shaunae Miller-Uibo, favorita para a prova, vencia com folga até os últimos metros.

Antes da chegada, sentiu e foi ultrapassada pela americana Phyllis Francis, que fez sprinte final surpreendente e cruzou a linha de chegada em primeiro para conquistar o título mundial.

Francis completou a prova em 49 segundos e 92 centésimos, à frente da barenita Salwa Eid Naser (50.06) e da compatriota Allyson Felix (50.08).

Mais cedo, o britânico Mo Farah se classificou para a final dos 5.000 metros em busca do bicampeonato em Londres, depois de vencer o ouro nos 10.000 metros no primeiro dia de competições.

Farah terminou sua série classificatória na segunda colocação, poupando energia para a final de sábado. O britânico fez a prova em 13:30.18, enquanto o etíope Yomif Kejelcha completou em primeiro, com 13:30.07.

Nos 200 metros livres masculino, o atleta de Botsuana Isaac Makwala garantiu vaga na final após quase ficar de fora da competição por conta de uma virose.

Primeiro, a Iaaf autorizou o botsuano correr sozinho contra o tempo para buscar a vaga nas semifinais, depois Makwala fez o segundo melhor tempo da sua bateria e carimbou vaga na decisão, com apenas duas horas entre as provas e correndo em uma raia encharcada.

- Ouro para China -Na disputa do arremesso de peso feminino, a chinesa Lijiao Gong ficou com o ouro ao alcançar a marca de 19.94 metros. A prata ficou com a húngara Anita Márton (19.49) e o bronze com a americana Michelle Carter (18.97)

Depois de se classificar para a final na última posição, a brasileira Geisa Arcanjo terminou a disputa do arremesso de peso na nona colocação, ao arremessar a 18,03 metros de distância.

No salto em distância feminino, a brasileira Eliane Martins conseguiu vaga na final depois de terminar na 12ª e última posição de classificação. A atleta pulou 6 metros e 46 centímetros, enquanto a líder russa Darya Klishina, que compete sem bandeira por conta da suspensão de seu país, alcançou a marca dos 6,66m.

O Brasil também contou com a participação do brasileiro Wagner Montanha, no lançamento de martelo, mas o atleta não conseguiu vaga na decisão. O melhor arremesso foi 71,69 metros, bem abaixo da linha de corte para os 12 finalistas. Montanha terminou na 24ª colocação.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo