Esporte

Cresce número de infectados por vírus estomacal no Mundial de atletismo

10/08/2017 20h53

Londres, 10 Ago 2017 (AFP) - Três pessoas relacionadas ao Mundial de atletismo de Londres-2017 contraíram o norovírus, um vírus que provoca problemas estomacais, e outras 40 foram identificadas com sintomas da doença, anunciou nesta quinta-feira a Agência de Saúde Pública britânica (PHE) em seu novo balanço.

Uma das pessoas diagnosticadas é o atleta bechuana Issac Makwala, que acabou sendo proibido pelas autoridades de disputar a final dos 400 metros. Nos 200 metros, Makwala recebeu uma permissão para correr sozinho uma semifinal e conseguiu a classificação à final, na qual ficou em 4º.

Makwala teve que cumprir 48 horas de quarentena, segundo protocolo médico, antes de poder competir.

"A PHE foi notificada do surgimento de norovírus entre pessoas relacionadas ao Mundial de atletismo", explicou a médica Deborah Turbitt, diretora da PHE em Londres.

"Agora temos uma consistência de aproximadamente 40 pessoas doentes e três desses casos foram confirmados como norovírus pelo laboratório de testes", explicou.

No balanço de terça-feira, cerca de trinta pessoas apresentavam os sintomas e duas deram positivo para norovírus.

Os organizadores do Mundial londrino anunciaram na segunda-feira que vários membros de delegações participantes do evento, hospedados no mesmo hotel, sofriam de gastroenterite.

Um porta-voz do hotel, situado junto à emblemática Tower Bridge, insistiu na terça-feira que seu estabelecimento "não é a fonte da doença".

O norovírus é facilmente transmitido no contato com uma pessoa portadora ou por tocar superfícies ou objetos contaminados pelo vírus.

Vômitos e diarreia são sintomas habituais do norovírus, uma doença raramente séria. Normalmente, a recuperação dura de um a dois dias sem tratamento.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo