Esporte

Lewis Hamilton (Mercedes) vence GP da Itália e é novo líder do Mundial

03/09/2017 11h23

Monza, Itália, 3 Set 2017 (AFP) - O britânica Lewis Hamilton (Mercedes) venceu neste domingo o Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1, um resultado que lhe valeu também a liderança do Mundial de Pilotos, ultrapassando o alemão Sebastian Vettel (Ferrari).

Hamilton largou da pole pela 69ª vez na carreira, novo recorde da F1, e cruzou a linha de chegada à frente do companheiro de Mercedes, o finlandês Valtteri Bottas, e do próprio Vettel (3º), que agora está a três pontos de distância do novo líder do Mundial.

Sob forte sol, Hamilton liderou de ponta a ponta, com exceção de uma volta, após parar nos boxes para reabastecer. O britânico venceu pela quarta vez na carreira em Monza, um circuito que proporcionou ao público uma prova repleta de ultrapassagens e de emoções, a não ser lá na frente.

No pódio, Hamilton acabou sendo vaiado por grande parte dos 75.000 espectadores, fanáticos torcedores da Ferrari que exaltaram Vettel.

"Eu adoro estar aqui na Itália e gosto da paixão dos torcedores, principalmente os da Ferrari", declarou o piloto da Mercedes.

"Eu respeito essa energia, mas estou feliz, fizemos um grande trabalho esta semana", completou.

"Vamos conseguir!", prometeu por sua vez Vettel aos torcedores, ao ser perguntado sobre as chances de conquistar o título mundial, logo após perder a liderança do campeonato pela primeira vez na temporada.

Hamilton é o primeiro piloto a vencer dois GPs seguidos em 2017 e chega às últimas sete provas da temporada em ótima forma.

Embora Hamilton tenha vencido a prova, o destaque do dia acabou sendo o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, que fez impressionante corrida de recuperação graças a uma ótima estratégia de paradas nos boxes que lhe valeu a 4ª colocação.

Após largar da 16ª colocação, punido por uma troca de motor, Ricciardo havia ganho 12 posições quando parou nos boxes na 38ª volta. Seu companheiro de Red Bull, o holandês Max Verstappen, que também parecia capaz de fazer ótima prova, acabou se chocando com o brasileiro Felipe Massa na 3ª volta, teve um pneu furado e precisou se contentar com a 10ª colocação.

Massa, por sua vez, largou do 7º lugar e cruzou a linha de chegada em 8º, logo atrás do companheiro de Williams, o canadense Lance Stroll, com quem protagonizou bonito duelo nas últimas duas voltas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo