Esporte

Nadal vence Del Potro e encara Kevin Anderson na final do US Open

08/09/2017 23h49

Nova York, 9 Set 2017 (AFP) - O espanhol Rafael Nadal se classificou para enfrentar o sul-africano Kevin Anderson na final do US Open, depois de ambos vencerem suas partidas de semifinal de virada, nesta sexta-feira, contra o argentino Juan Martín del Potro e o espanhol Pablo Carreño, respectivamente.

O "Touro" espanhol começou perdendo o primeiro set para del Potro, que tinha o apoio da torcida após eliminar o austríaco Dominic Thiem e o suíço Roger Federer nas fases anteriores. Mas as partidas esgotaram o argentino, que acusou o cansaço físico acumulado.

No segundo set, Nadal foi avassalador aplicando pneu que abriu caminho para avitória, denifida após 2 horas e 30 minutos de partida com parciais 4-6, 6-0, 6-3 e 6-2.

O líder do ranking mundial busca o 16º título de Grand Slam da carreira. Seria o terceiro nas quadras rápidas de Nova York, onde levantou o troféu nas edições de 2010 e 2013.

A final de domingo vai ser a 23ª em Grand Slams e a oportunidade de levantar mais um título deste nível em 2017. Nadal já levantou o 10º título de Roland Garros no meio do ano.

Mais cedo, Kevin Anderson também precisou se recuperar de derrota do primeiro set contra Pablo Carreño Busta para garantir a vaga na decisão.

Ao contrário de Nadal, vai ser a primeira final de Grand Slams de Anderson, que precisou esperar até os 31 anos para jogar uma partida deste nível. Não antes de superar Busta com parciais 4-6, 7-5, 6-3, 6-4.

"Estou no sétimo céu. Há nove meses me disseram que precisava fazer uma cirurgia no quadril e agora estou na final de um dos maiores torneios do mundo", disse Anderson após o ponto decisivo.

- Final inédita -Anderson se tornou o primeiro sul-africano a chegar a uma final de US Open desde Cliff Drysdale, em 1965, quando foi derrotado pelo lendário espanhol Manuel Santana.

Nascido em Johannesburgo e radicado na Flórida, Anderson quer se tornar o primeiro sul-africano a conquistar um Grand Slam desde 1981, quando Johan Kriek levou o Aberto da Austrália.

"Foi incrivelmente difícil. Estava nervoso no início e imagino que Pablo também. Tive que arriscar muito para vencer esse jogo", acrescentou Anderson.

Anderson suou para fechar o jogo em 2 horas e 55 minutos. O sacador começou perdendo o primeiro set e precisou se recuperar para virar a partida nos sets seguintes. Foram 58 pontos vencedores, contra 21 de Busta, compensando os 43 erros não forçados contra 25 do espanhol.

Com um saque que chegou a bater os 220 quilômetros por hora, o sul-africano cravou 22 aces e 83% dos pontos no primeiro serviço.

Carreño Busta, que não havia perdido um set sequer na competição até aqui, perdeu a concentração no segundo set quando teve o seriço quebrado pela primeira vez e acabou cedendo à potência do saque rival.

-- Resultados de sexta-feira pelo último Grand Slam do ano, o US Open:

. Simples masculino (semifinal):

Kevin Anderson (RSA/N.28) x Pablo Carreño (ESP/N.12) 4-6, 7-5, 6-3, 6-4

Rafael Nadal (ESP/Nº1) x Juan Martín del Potro (ARG) 4-6, 7-5, 6-3, 6-4

. Final, domingo dia 10 de setembro:

Rafael Nadal (ESP/Nº1) x Kevin Anderson (RSA/N.28).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo