Esporte

Barcelona busca vitória tranquilizante contra Juventus

11/09/2017 15h18

Barcelona, 11 Set 2017 (AFP) - Depois do vendaval no mercado de transferências, o Barcelona vai receber a Juventus, nesta terça-feira, para buscar uma vitória que traga tranquilidade ao time catalão, abalado em nível constitucional.

A equipe de Messi e cia iniciam a caminhada da Liga dos Campeões no Camp Nou, disposta a demonstrar que a surpreendente saída de Neymar não diminuiu a competitividade do Barça na Europa.

A vitória não serviria apenas como uma pequena revanche ao time italiano, que eliminou os catalães nas quartas de final da última edição da Champinos. Seria o golpe que traria tranquilidade para o time, ainda digerindo a saída do craque brasileiro para o Paris Saint-Germain.

"Vai ser um jogo intenso e importante", avaliou o técnico Ernesto Valverde em coletiva de imprensa nesta segunda-feira.

Um triunfo daria respiro ao assediado presidente Josep Maria Bartomeu, alvo dos torcedores e diante de um processo iniciado pela oposição que poderia terminar com uma moção de censura.

Os gritos que pedem a renúncia de Bartomeu voltaram a ser ouvidos na goleada por 5 a 0 no clássico catalão contra o Espanyol. Nem mesmo a liderança da Liga espanhola parece ter acalmado os torcedores.

- Messi imprescindível -A frustrada contratação do brasileiro Philippe Coutinho, além da renovação de Messi não ter sido assinada pelo craque argentino, estão deixando os torcedores nervosos. A memória de Neymar deixando Barcelona ainda não se apagou.

Mas "os terremotos que balançam o clube e a massa social não chegam ao gramado", afirmou o jornal Sport após a boa atuação da equipe contra o Espanyol. O time precisa repetir a exibição contra a Velha Senhora.

O técnico Ernesto Valverde vai contar com time completo, além das novas contratações Ousmane Dembelé e o brasileiro Paulinho.

O jovem francês pode ter oportunidade para começar como titular aos lado de Messi e Luis Suárez, que recebeu uma assistência de Dembelé em sua primeira partida com o time.

Messi, artilheiro isolado da Liga espanhola, foi o herói da partida no sábado e é o nome para tentar furar o bloqueio do vice-campeão europeu.

"Sabemos que se está bem e confiante temos um potencial importante. É importante para este tipo de jogos que esteja com confiança", comentou Valverde.

O Barça quer começar com o pé direito no âmbito europeu. Ninguém melhor que a Juventus, vice-campeã de 2015 contra o próprio time catalão, mas que chega para o duelo com todas as armas e disposta para conquistar o três pontos.

- O perigo Dybala -O time italiano começou a temporada voando, com três vitórias nas primeiras três partidas da Seria A. A última contra o Chievo, por 3 a 0.

O técnico Massimiliano Allegri aproveitou a ocasião para promover rodízio na equipe pensando no confronto de terça, no Camp Nou. Giorgio Chiellini, Gianluigi Buffon e o argentino Paulo Dybala ficaram no banco de reservas. Dybala entrou após o intervalo para iniciar a jogada do segundo gol e marcar o terceiro.

O atacante de 23 anos já soma cinco gols no campeonato italiano, artilheiro da competição ao lado do compatriota Mauro Icardi, da Inter de Milão.

"Tem tudo para se tornar um dos melhores jogadores do mundo ao lado de Neymar, quando Messi e Cristiano Ronaldo pararem", avaliou Allegri, que tem em Dybala uma das principais apostas para vencer o Barça.

"Estamos em uma situação física ótima, no início e melhorando. Nosso objetivo é passar de fase e chegar e março dentro das três competições", explicou o técnico italiano, que considerou Real Madrid e Barcelona favoritos ao título da Liga dos Campeões.

"É um jogador que tem muitas qualidade. O que vemos de fora é que quer melhorar ainda mais. Pode fazer a diferença e estamos de olho nele", comentou o goleiro alemão Ter Stegen em coletiva antes do jogo.

Mas Dybala avaliou que ainda precisa trabalhar duro para ser considerado o sucessor de Messi.

"É um prazer muito grande, significa que trabalho bem e que as pessoas veem algo em mim para o futuro. Preciso estar tranquilo e continuar trabalhando. Messi e Cristiano tem números incríveis e se eu quiser chegar nesse nível tenho que melhorar, continuar crescendo", comentou Dybala.

Allegri só tem a dúvida sobre o croata Mario Mandzukic, que precisou sair do último jogo por conta de lesão.

Prováveis escalações:

Barcelona: Ter Stegen - Semedo, Piqué, Umtiti, Jordi Alba - Sergio Busquets, Rakitic, Iniesta - Dembélé, Messi, Luis Suárez.

Técnico: Ernesto Valverde

Juventus: Buffon - De Sciglio, Barzagli, Chiellini, Alex Sandro - Matuidi, Pjanic - Douglas Costa, Dybala, Sturaro - Higuaín.

Técnico: Massimiliano Allegri

Árbitro: Damir Skomina (ESL).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo