Esporte

Neymar: peça chave das ambições do PSG e dono de privilégios

26/09/2017 15h01

Paris, 26 Set 2017 (AFP) - Neymar é a maior cartada do Paris Saing-Germain para alcançar as ambições do clube no cenário do futebol mundial: mas depois da confusão com Edinson Cavani, que deixou o clima do vestiário da equipe instável, o brasileiro precisa mostrar ao que veio com a bola nos pés.

Ao lado do centro-avante uruguaio, o jogador mais caro da história do futebol vai entrar em campo nesta quarta-feira contra o poderoso Bayern de Munique, pela segunda rodada da Liga dos Campeões, com a missão de mostrar que o embate com companheiro está resolvido e que o time pode buscar o tão sonhado título continental.

Nas redes sociais, Neymar é mais popular no mundo do que o Paris Saint-Germain. Somando-se os números de Facebook, Twitter e Instagram, o brasileiro tem 176 milhões de seguidores, enquanto o clube soma apenas 48 milhões.

Como efeito de comparação, a antiga estrela do PSG, o sueco Zlatan Ibrahimovic, conta com 59 milhões de seguidores

No plano esportivo, o impacto do brasileiro é inquestionável. Em cinco jogos com a camisa azul, foram quatro gols e quatro assistências. Do ponto de vista comercial, Neymar também é referência com mais de 120 mil camisas vendidas com seu nome no primeiro mês na França, segundo contas do clube.

A transferência recorde do jogador, que deixou o Barcelona por 222 milhões de euros, "posiciona o PSG num nível que nunca havia estado", indica Frank Pons, professor de marketing esportivo da Universidad Laval (Canadá).

Na sua opinião, o PSG vai se beneficiar da chegada do craque brasileiro para desenvolver a marca, especialmente na hora de renegociar contratos com os diferentes patrocinadores.

- Privilégios -Um jogador excepcional com status excepcional: Neymar abandonou Lionel Messi e aceitou a proposta para ser o Rei na capital francesa, como destacou o jornal L'Equipe na manchete no dia de sua chegada.

O PSG garante tratamento de monarca ao seu principal jogador.

Durante sua apresentação oficial, o presidente Nasser Al-Khelaifi o definiu como "melhor jogador do mundo", algo que não havia feito com Ibra e outras contratações de peso nos últimos anos.

Neymar tem salário incomparável ao dos companheiros. Com 37 milhões de euros por ano, segundo revelações da revista alemã Der Spiegel, o camisa 10 recebe quase o triplo do capitão Thiago Silva, que recebe 13 milhões de euros brutos por temporada.

Além disso, o brasileiro conta com fisioterapeuta e preparador físico pessoal, Rafael Martini e Riccardo Rosse, que têm acesso ao centro de treinamento do PSG.

Dentro de campo, Neymar também tentou impor sua lei. Pouco tempo depois de chegar ao clube, decidiu assumir a missão de cobrar pênaltis e tirar o lugar de Canavi, que está na equipe desde 2013. Para o camisa 10, o PSG deveria ajudá-lo a conquistar a Bola de Ouro e para isso as estatísticas pessoais ajudariam muito.

No entanto, o uruguaio não concordou e a diferença de opiniões saiu do controle na partida contra o Lyon. Ambos discutiram antes de cobrança de faltas e de um pênalti, a ponto de quase trocarem agressões físicas no vestiário após o jogo.

- Hora da verdade -Na segunda-feira, o jornal espanhol El País dedicou um artigo descrevendo as tensões no vestiário.

Segundo a imprensa francesa, Neymar pediu desculpas à Cavani e aos demais companheiros. Vários jogadores postaram vídeos do brasileiro brincando com Presnel Kimpembe e Marquinhos na festa de aniversário de Thiago Silva.

Em entrevista ao L'Equipe há alguns meses, o ex-diretor esportivo do PSG, Olivier Létang, explicou que faltavam duas coisas para colocar o time entre os melhores da Europa: "uma vitória na Liga dos Campeões, obviamente, e uma instituição mais forte que os homens".

Para a primeira afirmação, Neymar é fundamental e é peça chave para a partida de quarta-feira contra o Bayern de Munique, a primeira prova de fogo do elenco do PSG.

Para a segunda, é preciso ver como o clube administra o elenco que conta com um personagem do tamanho do brasileiro.

cda/yk/pm/psr/fa

FACEBOOK

TWITTER

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo