Topo

Esporte

Xavi não descarta treinar Catar na Copa do Mundo 2022

09/10/2017 13h52

Doha, 9 Out 2017 (AFP) - O espanhol Xavi Hernández, jogador do Al-Sadd, afirmou à AFP nesta segunda-feira que não descarta a possibilidade de treinar o Catar na Copa do Mundo de 2022, acrescentando que tem 90% de certeza de se aposentar nesta temporada.

"Por que não?", respondeu Xavi ao ser questionado sobre a possibilidade de dirigir a seleção do Catar no Mundial de 2022.

"Veremos... Não tenho experiência, comissão técnico, nada disso. Mas pelo menos tenho a vantagem de conhecer os jogadores do Catar, o entorno", explicou.

Xavi, de 37 anos, joga no Catar desde 2015, quando deixou o FC Barcelona. O meia renovou o contrato inicial de dois anos por um ano mais, com vínculo até 2018.

"Estou aqui para ajudar a melhorar, para que briguem no Mundial. Meu objetivo é tornar-me treinador", acrescentou Xavi, que disputou 133 jogos com a seleção espanhola, conquistando a Copa do Mundo 2010 e duas Eurocopas, em 2008 e 2012.

Catar nunca participou de uma Copa do Mundo e pode se tornar o primeiro país, desde a Itália em 1934, em organizar uma edição sem nunca ter participado.

"As pessoas não conhecem o país, o trabalho que se faz aqui. Os convido para vir ver e estou orgulhoso em estar aqui", indicou um dos embaixadores da Copa do Mundo 2022.

Ainda assim, declarou que sonha a treinar o Barcelona em algum dia.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte