Esporte

Presidente do Olympiacos deixa cargo durante julgamento por corrupção

08/11/2017 16h55

Atenas, 8 Nov 2017 (AFP) - O empresário Vangelis Marinakis anunciou nesta quarta-feira que vai deixar por alguns meses o cargo de presidente do Olympiacos, clube mais vitorioso da Grécia, enquanto o processo sobre suposta combinação de resultados está em curso.

"Até o final do processo e durantes uns meses até provar minha inocência, proponho que o prefeito de El Pireo, Yannis Moralis, assuma as funções do conselho de administração", declarou Marinakis, citado em comunicado do clube.

Moralis declarou ao site de notícias in.gr ter aceitado "esta responsabilidade histórica diante de milhões de torcedores do Olympiacos".

Há dois meses, a justiça grega abriu processo penal contra 287 pessoas por participação em organização criminosa, combinação de resultados e acordo para delinquir, entre elas Marinakis e o ex-presidente da Federação Grega de Futebol, Yorgos Sarris.

str-hec/od/ah/mcd/fa

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo