Esporte

Joachim Low: 13 de novembro 'continua na nossa memória'

REUTERS/Kai Pfaffenbach
Equipe do técnico Joachim Low está em 1º no ranking da Fifa Imagem: REUTERS/Kai Pfaffenbach

13/11/2017 12h02

Colônia, Alemanha, 13 Nov 2017 (AFP) - A seleção alemã de futebol, que joga contra a França em Colônia nesta terça-feira (14), não se esquece da noite de 13 de novembro de 2015, quando os jogadores da "Mannschaft" tiveram de passar várias horas no Stade de France, enquanto Paris era atacada.

"Ainda vem à nossa memória, falamos disso entre nós. As lembranças estão marcadas pela angústia que vivemos no estádio", contou o treinador alemão, Joachim Low, nesta segunda.

"Foi uma experiência dramática que não gostaríamos de reviver", acrescentou Low, que disse não estar preocupado com a segurança da partida em Colônia (19h45 GMT, 17h45 em Brasília), para a qual nenhuma ameaça específica foi informada até o momento.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo