Topo

Copa 2018

Presidente da Uefa diz ser contrário a uso de árbitro de vídeo na Copa-2018

Tony OBrien/Reuetrs
Aleksander Ceferin, presidente da Uefa Imagem: Tony OBrien/Reuetrs

23/11/2017 12h59

O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, julgou prematura a introdução do assistente de vídeo (VAR) na Copa do Mundo da Rússia de 2018, que será realizada entre 14 de junho e 15 de julho. As declarações foram dadas nesta quinta-feira (23) em entrevista ao jornal italiano La Repubblica.

"Está perto demais", respondeu o dirigente, ao ser perguntado sobre o uso do VAR na Rússia, algo pretendido pelo presidente da Fifa, Gianni Infantino.

"Eu sei que não tem volta, mas neste tema eu sou um pouco conservador. O árbitro deve seguir sendo o juiz, se não for assim, é como se fosso um robô tomando as decisões", completou Ceferin.

A International Football Association Board (Ifab), entidade que gere as regras e leis do futebol, deverá se pronunciar em março sobre a autorização do uso do VAR. O sistema já foi testado em várias competições organizadas pela Fifa, assim como nos Campeonatos Italiano e Alemão.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Copa 2018