Esporte

Árbitros portugueses exigem aos clubes fim das críticas

24/11/2017 16h10

Lisboa, 24 Nov 2017 (AFP) - Apesar das ameaças de greve dos árbitros, a 12ª rodada do Campeonato Português começa neste sexta-feira, mas juízes lançaram um ultimato aos clubes para que parem com as críticas.

Caso suas reivindicações não sejam respeitadas, a "indisponibilidade" dos árbitros da primeira divisão "será efetiva" num prazo de 20 dias, afirmou a Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) em nota enviada à AFP.

Os árbitros pedem aos clubes e a seus representantes que se abstenham de fazer "insinuações que ponham em dúvida a honra" dos juízes e de acusá-los de "cometer erros de maneira intencional" ou de "prejudicar sempre o mesmo clube".

Também defendem a criação de uma entidade reguladora que se encarregue de "sancionar os que não respeitam as normas éticas e disciplinárias".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo