Topo

Esporte

Fifa descarta consumo de drogas, garante Paolo Guerrero

30/11/2017 19h36

Lima, 30 Nov 2017 (AFP) - O peruano Paolo Guerrero garantiu que a Fifa descartou consumo de drogas, após resultado analítico adverso em exame antidoping nas eliminatórias para a Copa do Mundo, e espera a decisão oficial que vai sair na semana que vem.

"Felizmente a Fifa já descartou o consumo de drogas por minha parte. Me sentia muito confiante, sei que tudo vai sair bem. Agora é esperar a resposta da Fifa", disse o artilheiro peruano ao canal N de televisão, após participar de audiência do Comitê Disciplinar da Fifa que revisou o caso durante quatro horas.

Guerrero, capitão e símbolo da seleção peruana, foi suspenso previamente por 30 dias pela Fifa, após o exame antidoping realizado depois do duelo contra a Argentina. O teste teve "resultado analítico adverso".

"Estou tranquilo, porque sou inocente. Eu vim para a Suíça para demonstrar minha inocência com provas contundentes", comentou o atacante de 33 anos.

O maior artilheiro da seleção peruana se mostrou confiante em resolver o tema o quanto antes, para poder continuar jogando com o Flamengo e com o time nacional, de olho na preparação para a Copa do Mundo da Rússia-2018.

"Minha vida era jogar futebol praticamente estes 30 dias. Cortaram minhas pernas porque eu não pude jogar", indicou.

O jogador informou que uma das provas apresentadas para descartar seu consumo de drogas foi uma mostra de cabelo.

Para resolver o assunto, Guerrero contratou os advogados do brasileiro Neymar, Marcos Motta, Bichara Neto e Pedro Fida.

"De acordo com a Fifa, o veredito final seria no máximo na próxima semana. Pode ser no dia 4 ou 5, mas não nos deram um prazo final", disse Fida à rádio peruana RPP.

O time do Peru se classificou para a Copa do Mundo, depois de 36 anos de ausência na competição. Guerrero não pôde participar da repescagem contra a Nova Zelândia, mas espera resolver sua situação para ir ao Mundial.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte