Topo

Esporte

Fifa reduz para seis meses suspensão de Guerrero, que poderá jogar Copa

20/12/2017 18h34

Zurique, Suíça, 20 dez 2017 (AFP) - A suspensão de um ano do peruano Paolo Guerrero por doping foi "reduzida a seis meses", anunciou nesta quarta-feira a Fifa em comunicado enviado à AFP, uma decisão que permitirá ao atacante do Flamengo disputar a Copa do Mundo da Rússia-2018.

"A Comissão de Apelação da Fifa, depois de levar em consideração as circunstâncias do caso, especialmente o grau de erro do jogador, estimou que um tempo de indisponibilidade de seis meses seria uma punição proporcional", explicou a entidade que rege o futebol no mundo.

"O período de suspensão começa em 3 de novembro de 2017, data em que o jogador foi suspenso de maneira provisória pelo presidente da Comissão de Disciplina da Fifa", continuou a Fifa.

Guerrero, de 33 anos, poderá voltar a jogar em 4 de maio de 2018, o que significa que estará apto a disputar a Copa do Mundo da Rússia do ano que vem (14 de junho-15 de julho), na qual o Peru integro o Grupo C, ao lado de França, Dinamarca e Austrália.

Após partida válida pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa contra a Argentina em Buenos Aires, em 5 de outubro, o capitão da seleção peruana havia sido flagrado em exame de doping por uso de benzoilecgonina, um metabólito da coca ou da cocaína, uma substância proibida pela Agência Mundial Antidoping (Wada).

ebe-ybl/dr/am

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte