Topo

Esporte

Real Madrid-Barcelona duelam para afirmar intenções na Liga

22/12/2017 16h38

Madri, 22 dez 2017 (AFP) - O clássico Real Madrid-Barcelona vai rolar a bola no sábado, pelo último dia da 17ª rodada da Liga espanhola, com a chance de afirmar as intenções de título dos catalães ou recolocar os merengues na briga pela taça.

O Barça chega ao encontro com a liderança folgada do campeonato espanhol e 11 pontos de vantagem para o Real, que está na quarta colocação e tem um jogo a menos.

A vitória catalã deixaria os merengues a 14 pontos, distância que o Real Madrid nunca conseguiu tirar para conquistar o título.

"Aconteça o que acontecer neste jogo, ainda vai faltar muito por decidir", disse o técnico Ernesto Valverde nesta sexta-feira em coletiva de imprensa que antecede o jogo.

"Temos o Atlético de Madri a seis pontos, que podem virar três se não ganharmos e eles sim. O que queremos é avançar no dia a dia, encarar o jogo de amanhã como os outros e como se fosse o último. Não existe nada escrito nem dito até o final", acrescentou Valverde.

Mas uma vitória catalã daria um golpe de autoridade e distanciaria os merengues da briga.

"Ganhando conseguiríamos uma vantagem importante", disse Lionel Messi na segunda-feira, dia em que recebeu o troféu de artilheiro do Campeonato Espanhol da temporada passada.

- Messi contra Cristiano -O duelo entre o astro argentino e seu rival português, Cristiano Ronaldo, é sempre um dos principais atrativos da disputa.

Messi chega ao clássico na artilharia do campeonato, com 14 gols. O argentino tem 10 gols a mais que o luso, que só balançou as redes quatro vezes na Liga.

Com cinco Bolas de Ouro cada, os dois sabem da importância mundial do Clássico. São esperados mais de 650 milhões de telespectadores ao redor do mundo, atentos aos que ambos pretendem fazer com a bola no pé.

O Barcelona vai precisar lidar com os desfalques do zagueiro Samuel Umtiti e do atacante Paco Alcácer. O argentino Javier Mascherano está recuperado e pode ser o substituto. Já o francês Ousmane Dembelé não foi relacionado para o jogo, apesar da iminente recuperação de lesão.

Do lado merengue, Zidane vai poder contar com todos seus principais jogadores depois de sofrer com lesões no início de temporada. O que parece pouco provável é a presença do galês Gareth Bale entre os titulares.

Cristiano Ronaldo, vítima de uma pancada na panturrilha no último fim de semana, voltou aos treinos com o restante do grupo do Real Madrid e está 100% preparado para o clássico.

- Corredor polêmico -Os merengues chegam ao Clássico com a autoestima elevada, depois de conquistar o bicampeonato consecutivo do Mundial de Clubes. O Real Madrid venceu o Grêmio por 1 a 0, gol de CR7, e levantou o quinto troféu do ano.

"O balanço do ano é bom para nós. A Liga nos custou um pouco, perdemos pontos. Mas a competição é longa e podemos recuperar. Vamos pensar apenas nisso", disse Zidane.

O jogo também reavivou polêmica sobre o "corredor para palmas". Por conta do título do Mundial de Clubes, a dúvida seria se o Barça deveria fazer um corredor para parabenizar a vitória do Real no torneio, mas os catalães advertiram que não vão prestar a homenagem porque não disputaram a competição.

"O clube já deixou sua opinião e nós faremos o que foi dito. Além disso, eles têm razão e nós não participamos da competição. Seria misturar as coisas", avaliou o zagueiro Gerard Piqué.

-- Prováveis escalações:

Real Madrid: Keylor Navas - Carvajal, Varane, Sergio Ramos, Marcelo - Modric, Casemiro, Kroos - Isco - Cristiano Ronaldo, Benzema.

Treinador: Zinedine Zidane (FRA)

Barcelona: Ter Stegen - Sergi Roberto, Piqué, Mascherano, Jordi Alba - Paulinho, Sergio Busquets, Rakitic, Iniesta - Messi, Luis Suárez.

Treinador: Ernesto Valverde.

Árbitro: José María Sánchez Martínez.

Mais Esporte