Topo

Esporte

Presidente da LaLiga comemora Madrid-Barça adaptado ao horário asiático

27/12/2017 13h12

Dubai, 27 dez 2017 (AFP) - O presidente da Liga espanhola (LaLiga), Javier Tebas, se mostrou muito satisfeito nesta quarta-feira com a experiência de ter programado o clássico Real Madrid-Barcelona para um horário voltado ao público asiático.

"Há alguns dias colocamos o clássico do dia 23 de dezembro a uma hora da tarde (horário local), que é algo que ninguém acreditaria há cinco anos. Foi para atender essa parte do mundo que estava dormindo (principalmente Ásia) e que agora pôde ver o clássico no horário nobre", celebrou Tebas em conferência esportiva em Dubai, onde se falou sobre a estratégia de negócio da LaLiga nos últimos anos.

"Há quatro anos tinham três horários principais no futebol espanhol. Entendemos que devíamos diversificar. É verdade que nossos torcedores estão na Espanha, mas também estão no mundo. Isso provocou uma crise com os meios de comunicação e com os torcedores que vão aos estádios. Mas um torcedor do Real Madrid ou do Valencia que está em Tóquio é menos importante? Temos torcedores em todo mundo e é preciso cuidá-los por igual", indicou.

Nos últimos anos, a LaLiga optou por programar os jogos em horários diferentes, incluindo horários matinais ou nas primeiras horas da tarde. A estratégia é pouco tradicional no futebol espanhol, mas visa a expansão internacional.

"A média de público dos estádios cresceu 12% nestes anos, então não é verdade que vá menos pessoas aos estádios. Alguns horários que eram menos atrativos para a televisão na Espanha são bons para um público familiar. Antes, toda a Ásia estava dormindo (durante os grandes jogos da Liga espanhola)", destacou.

Tebas se mostrou favorável que a Liga tenha cada vez mais "um conceito de indústria" e por isso explicou que contratou recentemente antigos diretores do banco BBVA, do Facebook e do Netflix.

Mais Esporte