Topo

Esporte

Serena Williams desfalca Aberto da Austrália

05/01/2018 15h48

Melbourne, 5 Jan 2018 (AFP) - Atual campeã do Aberto da Austrália, a americana Serena Williams anunciou nesta sexta-feira que não vai defender o título da competição, depois de avaliar que ainda não está no nível necessário após se tornar mãe.

Este é mais um desfalque do primeiro Grand Slam do ano, após as renúncias do britânico Andy Murray e do japonês Kei Nishikori na quinta-feira.

A vencedora de 23 Grand Slams retornou às quadras no mês passado, quase um ano depois de ficar afastada das competições. A volta foi no torneio de exibição de Abu Dhabi, com derrota para a letã Jelena Ostapenko.

O último jogo competitivo foi justamente na final do Aberto da Austrália, conquistando o troféu apesar de estar grávida de dois meses.

"Depois de competir em Abu Dhabi, me dei conta de que estou perto, mas ainda não estou como gostaria estar", disse a tenista de 36 anos em comunicado.

"Meu treinador e meu time sempre me disseram: 'vá aos torneios apenas quando estiver preparada para chegar até o final'", explicou. "Posso competir, mas não quero só competir. Quero fazer muito mais que isso e precisarei de um pouco mais de tempo", acrescentou.

"Dito isto, e apesar de estar decepcionada por isso, decidi não competir no Aberto da Austrália neste ano" indicou.

A decisão adia a possibilidade de igualar o recorde da australiana Margaret Court, que conquistou 24 títulos de Grand Slam.

O diretor do Aberto da Austrália, Craig Tiley, expressou sua admiração pelos esforços de Serena para voltar à quadras.

- Vários desfalques -"Que Serena é uma campeã isso já está provado, além dos esforços hercúleos que fez nos últimos meses com o desejo de disputar o Aberto da Austrália", apontou.

No entanto, Tiley não está preocupado com a repercussão do torneio este ano, que vai ter o desfalque de mais uma grande estrela, depois de Andy Murray e Kei Nishikori decidirem não competir por conta de suas lesões.

O espanhol Rafael Nadal, número 1 do mundo, e o sérvio Novak Djokovic também não chegam ao primeiro Grand Slam do ano com a forma física ao 100%.

Por outro lado, a competição vai ter a presença do atual campeão, o suíço Roger Federer. O compatriota Stan Wawrinka e o canadense Milos Raonic também se garantiram no torneio.

O Aberto da Austrália começa no dia 15 de janeiro, em Melbourne.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte