Esporte

Extrema direita alemã adverte deputado por tuíte racista

08/01/2018 13h25

Berlim, 8 Jan 2018 (AFP) - O partido Alternativa para a Alemanha (AfD, extrema direita) emitiu nesta segunda-feira uma advertência para um de seus deputados que publicou um tuíte racista contra o filho do ex-tenista Boris Becker.

A direção nacional do AfD tomou esta decisão por unanimidade, indicou um porta-voz à AFP.

Na semana passada, Jens Maier, deputado do AfD desde 24 de setembro, descreveu Noah Becker, cujo avô materno é afro-americano, como um "meio negro" em busca de afeto.

A mensagem provocou indignação na Alemanha e fortes críticas no AfD.

O tuíte foi excluído pelo Twitter.

Jens Maier disse ao jornal Bild que não foi o autor do tuíte que foi publicado por um de seus colaboradores.

A mensagem era um comentário a uma entrevista do jovem em que ele descreveu Berlim como uma "cidade de brancos", em comparação com Londres ou Paris. O jovem também explicou que foi insultado na capital alemã devido à cor de sua pele.

Noah Becker, filho do famoso tenista alemão e de Barbara Becker, entrou com um processo contra Maier.

Mais de 90 deputados do AfD obtiveram seus assentos nas eleições legislativas de setembro, o que causou tremores consideráveis na Alemanha.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo