Topo

Esporte

Zidane nega blindagem por passado como jogador: "Não estou protegido"

Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images
Imagem: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images

09/01/2018 14h15

Paris, 9 Jan 2018 (AFP) - Você está enganado se acha que Zinedine Zidane tenha crédito extra no comando do Real Madrid pelo que já fez no passado, como jogador, mas ele discorda. Para o treinador merengue, sua trajetória como craque do clube e da seleção francesa não funciona como blindagem.

"Não estou protegido pelo que conquistei como jogador. Zinedine Zidane já não é jogador do Real Madrid. Aquele Zidane já não existe. Agora é o Zidane treinador que deve criar uma carreira", indicou o ex-meia do Real, que conquistou a Liga dos Campeões como atleta e técnico da equipe.

As declarações foram dadas à revista France Football, durante um momento em que o Real vive crise de resultados. Zidane tenta usar o momento para provar seu valor. "Tenho vontade de demonstrar que posso ser um bom treinador também na dificuldade", indicou.

"Existem pessoas que podem pensar que tudo é sempre fácil para mim, que faço as coisas por instinto. Isso é falso. Trabalhei tanto como jogador quanto como treinador", acrescentou o francês. Nos primeiros dois anos como comandante, o francês conquistou o bicampeonato consecutivo da Liga dos Campeões.

"Atualmente sim, o perigo está aí. Mas não vou mudar. Sou consciente de que sou ouvido pelos grandes campeões, que me escutam. Sabemos jogar futebol, então as coisas vão acabar se acertando", garantiu Zidane.

O Real Madrid ocupa a quarta colocação da Liga espanhola, a 16 pontos do líder Barcelona. Na Champions, os merengues encaram o Paris Saint-Germain nas oitavas de final. Aos 45 anos, Zidane foi eleito o treinador do ano pela revista especializada.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte