Topo

Esporte

Detalhes da participação da Coreia do Norte nos Jogos serão definidos em 20 de janeiro

10/01/2018 15h36

Lausana, Suíça, 10 Jan 2018 (AFP) - Questões como o número de atletas norte-coreanos nos Jogos de Inverno, as modalidades que irão disputar e onde ficarão hospedados serão respondidas em 20 de janeiro, após uma reunião entre a Coreia do Norte, Coreia do Sul, o COI e os organizadores de PyeongChang-2018, nesta quarta-feira.

"O COI terá uma reunião tetrapartidária no sábado, 20 de janeiro, na sede do COI" na Suíça, explicou a entidade olímpica em comunicado.

Os presidentes dos comitês olímpicos norte-coreano e sul-coreano, do comitê de organização de PyeongChang-2018, assim como autoridades dos governos desses países estarão presentes na próxima reunião, que será comandada pelo presidente do COI, o alemão Thomas Bach.

O próprio Bach e o único membro norte-coreano da entidade, Chang Ung, se reuniram nesta quarta-feira na sede do COI, em Lausana, um dia depois da decisão de enviar atletas da Coreia do Norte aos Jogos Olímpicos de Inverno, que serão sediados pela vizinha do Sul na cidade de PyeongChang.

Ao término do encontro excepcional realizado na terça-feira entre as delegações diplomáticas dos dois países da península coreana, chegou-se a um acordo de que a Coreia do Norte enviará uma delegação aos Jogos de Inverno de PyeongChang, de 9 a 25 de fevereiro, a 80 quilômetros da fronteira norte-coreana.

Além das questões relativas ao número e às identidades dos atletas autorizados a competir em PyeongChang, "o COI deverá decidir igualmente sobre o formato dessa participação, no que se refere ao protocolo oficial (bandeira, hino, cerimônia, vestimenta, etc)", explicou o COI.

A questão do alojamento dos atletas norte-coreanos na Vila Olímpica também está pendente. "É uma questão para ser discutida, mas a presença da delegação na Vila Olímpica não é certa", revelou à AFP uma fonte próxima às negociações.

Na semana passada, antes mesmo da oficialização da participação da Coreia do Norte nos Jogos de Inverno, o governador da província sul-coreana que sediará os Jogos ofereceu um navio de cruzeiro para hospedar a delegação vizinha.

- Dois atletas classificados -No momento, somente a dupla de patinagem artística formada por Ryom Tae-ok e Kim Ju-sik garantiu classificação aos Jogos, mas a Coreia do Norte deixou passar a data limite para sua inscrição (30 de outubro).

"Temos que ver com a Federação Internacional de Patinagem (ISU), com a Federação Internacional de Esqui (FIS) e com a Federação Internacional de Hóquei (IIHF) se existem opções", completou à AFP a fonte.

O COI está em contato "estreito" com a FIS e a ISU "para ver se os atletas norte-coreanos que treinaram no estrangeiro poderiam participar dos Jogos de PyeongChang", explicou outra fonte do COI.

A ISU não tardou em se posicionar: "Em caso de pedido formal de inscrição por parte do comitê norte-coreano, a questão deverá ser direcionada ao COI para uma decisão final (...) e sobre o aumento do número de participantes nos Jogos-2018 na categoria de duplas", esclareceu a entidade nesta quarta-feira.

A participação da equipe feminina norte-coreana de Hóquei no gelo não está excluída, assim como a dos esquiadores e patinadores de velocidade.

O Comitê Nacional Olímpico norte-coreano enviará ao COI uma lista com o nome dos atletas escolhidos. A entidade olímpica internacional tomará uma decisão definitiva sobre possíveis convites.

- Entrada conjunta -Em 2014, nenhum atleta norte-coreano conseguiu se classificar aos Jogos de Sochi, na Rússia.

O Norte boicotou os Jogos Olímpicos de verão de Seul-1988 e se recusou a participar da Copa do Mundo de futebol de 2002, sediada em conjunto entre Coreia do Sul e Japão.

A delegação norte-coreana nos Jogos do Rio-2016 foi composta por 31 atletas, que conquistaram 7 medalhas, duas de ouro, colocando o país na 34ª colocação da classificação geral.

Resta determinar se os representantes dos dois países farão uma entrada conjunta durante as cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos, como em Sydney-2000, Atenas-2004 e Turim-2006.

"A parte norte-coreana enviará uma delegação do comitê olímpico nacional, atletas, animadoras de torcida, artistas, uma equipe de exibição de Taekwondo e um serviço de imprensa", anunciaram na terça-feria os dois países, após a primeira reunião entre ambos em dois anos.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte