Topo

Esporte

"Deus e Messi dirão se podemos ganhar a Copa", diz Macri

23/01/2018 13h40

Moscou, 23 Jan 2018 (AFP) - O presidente argentino Mauricio Macri afirmou nesta terça-feira que apenas "Deus e Messi" podem dizer se a Argentina vai conquistar a Copa do Mundo, mas prometeu viajar para a Rússia se a seleção chegar à final.

"Esperamos chegar à final. Deus e Messi dirão se podemos ganhar ou não a Copa do Mundo", disse o mandatário argentino em coletiva de imprensa ao lado do presidente russo Vladimir Putin.

Macri prometeu que vai voltar para a Rússia acompanhado de sua filha de seis anos para "presenciar os dois primeiros jogos da Argentina, mas a terceira espero que seja para a final", acrescentou tirando um sorriso de Putin.

"O importante é competir, competir bem", manifestou Macri. A esperança do presidente é que a Argentina tenha mais sorte do que teve na Copa do Mundo do Brasil-2014, quando foi superada pela a Alemanha por 1 a 0 na final.

A Argentina teve dificuldades para se classificar para o Mundial, mas confia no técnico Jorge Sampaoli para mudar de panorama.

Se o treinador conseguir a façanha, a Argentina conquistaria o tricampeonato Mundial, após os títulos de 1978 e 1986. Segundo a maior parte dos especialistas no esporte, o triunfo consagraria Lionel Messi como o maior jogador da história do futebol.

bur-meb/eg/fa

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte