Topo

Esporte

Europa se prepara para a estreia da Liga das Nações

23/01/2018 14h36

Lausana, Suíça, 23 Jan 2018 (AFP) - É o fim dos amistosos sem competitividade e que abarrotam o calendário do futebol internacional: a Uefa lança nesta quarta-feira (24) a Liga das Nações, uma nova competição que distribuirá quatro vagas na próxima Eurocopa de 2020.

Os 55 países europeus serão divididos em quatro ligas. Portugal, atual campeão europeu, Alemanha, campeã do mundo, além de França, Bélgica e Inglaterra, fazem parte da Liga A e conhecerão os adversários nesta quarta, após sorteio realizado em Lausanne.

- Por que uma Liga das Nações?"Os amistosos já não interessam a ninguém, nem aos jornalistas, nem ao público. As federações pediram uma competição": foi assim que Michel Platini, então presidente da Uefa, apresentou o novo torneio em 2014.

Como a competição funciona? As seleções são divididas em quatro grupos em cada Liga (A, B, C e D).

Na Liga A, o vencedor de cada grupo jogará uma fase final da Liga das Nações (semifinais, jogo pelo 3º lugar e final) em junho de 2019. O vencedor de cada grupo das Ligas B, C e D será promovido de Liga, enquanto os últimos colocados de cada Liga será rebaixado.

- Quem pode ganhar uma vaga na Euro-2020?Os primeiros colocados de cada grupo das quatro Ligas que não estiverem classificados para a Euro-2020 pelas eliminatórias tradicionais (disputadas de março a novembro de 2019) poderão participar da repescagem da Eurocopa, em março de 2020.

Antes, as repescagens eram disputadas entre os terceiros colocados das eliminatórias. Agora, serão disputadas pelos 16 vencedores dos grupos (ou as equipes logo atrás, caso já estejam classificados) da Liga das Nações. Ou seja, haverá uma vaga na Euro em disputa para cada Liga (A, B, C e D), quatro no total.

A competição oferece mais uma chance de classificação para a Eurocopa aos países menos tradicionais.

A primeira das seis rodadas da Liga das Nações será disputada entre 6 e 8 de setembro deste ano. A última rodada está programada para 18 a 20 de novembro de 2018. As eliminatórias da Euro-2020 acontecerão de março a novembro de 2019 (2 primeiros de cada grupo avançam diretamente à Euro-2020), enquanto a repescagem será realizada entre 21 e 31 de março de 2020 (4 vagas).

- Que países podem se enfrentar?A Liga A reúne 12 equipes distribuídas em quatro grupos de 3. Cada grupo reunirá uma equipe vinda do pote 1 (Alemanha, Portugal, Bélgica, Espanha), uma vinda do pote 2 (França, Inglaterra, Suíça, Itália) e uma do pote 3 (Polônia, Islândia, Croácia, Holanda).

A equipe que terminar na última colocação de seu grupo será rebaixada para a Liga B na próxima edição do torneio, na qual estão seleções como Rússia, Suécia, Ucrânia ou Dinamarca.

A Liga C reúne equipes como Hungria, Romênia, Escócia e Finlândia. Na Liga D, com 4 grupos de 4, estão seleções modestas como Armênia, Malta, Andorra ou ainda Liechtenstein.

- Quem realizará o sorteio?Organizado no centro de convenções Swiss Tech de Lausanne, o sorteio serão dirigido por Giorgio Marchetii, secretário-geral da Uefa. Ele estará acompanhando de vários ex-jogadores, como o português Deco, o tcheco Vladimir Smicer, o finlandês Hari Litmanen e o bielorrusso Alexsander Hleb. O presidente da Uefa, o esloveno Aleksander Ceferin, revelará o troféu.

Diversos técnicos têm presença confirmada no evento, como o alemão Joachim Löw, o francês Didier Deschamps, o suíço Vladimir Petkovic, o galês Ryan Giggs e o português Fernando Santos.

Mais Esporte