Topo

Esporte

Robinho assina pelo Sivasspor, apesar de condenação por estupro

23/01/2018 16h01

Istambul, 23 Jan 2018 (AFP) - O atacante brasileiro Robinho, ex-jogador de Real Madrid e Milan, assinou contrato de um ano e meio com o Sivasspor, nesta terça-feira, apesar de recente condenação por estupro na Itália.

O Sivasspor anunciou a contratação em cerimônia realizada no estádio, depois de Robinho realizar exames médicos.

Em novembro, Robinho foi condenado a nove anos de prisão por estupro coletivo, em 2013, quando defendia o Milan (2010-2015). O brasileiro defende sua inocência e a sentença está em suspenso até que a apelação seja definida.

Em seu comunicado, o Sivasspor não faz nenhuma referência ao episódio.

"Existe uma grande excitação nas redes sociais" destacou o presidente do clube, Mecnum Otyakmaz. "Esta é uma contratação que coloca o futebol turco na agenda mundial. Estamos tentando fazer bem nosso trabalho", acrescentou o dirigente.

Robinho vestiu a camisa da seleção brasileira em mais de 100 oportunidades. O jogador participou das Copas do Mundo de 2006 e 2010, e defendeu o Atlético Mineiro nas últimas duas temporadas.

"Conheço o campeonato turco. Muitos brasileiros vieram aqui e Robinho também está na Liga turca", indicou o jogador, que revelou ter contactado os compatriotas Cicinho e Roberto Carlos para fechar a negociação.

Robinho defendeu Santos (2002-2005 e 2010), Real Madrid (2005-2008), Manchester City (2008-2010), Milan (2010-2015) e teve breve passagem pelo Guangzhou Evergrande da China(2015-2016).

Mais Esporte