Topo

Esporte

Dortmund dá ultimato sobre venda de Aubameyang ao Arsenal

REUTERS/Leon Kuegeler
Aubameyang antes da partida entre Borussia Dortmund e Freiburg Imagem: REUTERS/Leon Kuegeler

27/01/2018 17h30

Berlim, 27 Jan 2018 (AFP) - "Ou nossas exigências são atendidas, ou ele fica até o verão", afirmou o presidente do Borussia Dortmund, Michael Zorc, neste sábado (27) ao comentar a situação da estrela do time, o gabonês Pierre-Emerick Aubameyang, pretendido pelo Arsenal.

"Sabemos da vontade de Aubameyang de se transferir. Não podemos esquecer que ele está em seu quinto ano em Dortmund. Já transmitimos o fato de que estamos prontos para realizar a transferência, mas só se todos os parâmetros foram preenchidos", explicou Zorc à emissora Sky Sports.

"O Arsenal fez diversas tentativas, que recusamos. Ou nossas exigências são atendidas, ou ele fica até o verão (junho). Isto foi comunicado à família e todo mundo aceitou", continuou o chefão do Borussia Dortmund.

Pela 20ª rodada do Campeonato Alemão, Aubameyang entrou em campo pela primeira vez em 2018 com a camisa do Borussia como titular neste sábado, um empate em 2 a 2 com o Freiburg.

Para diversos observadores, Aubameyang vem fazendo corpo mole para forçar uma transferência para o Arsenal, seguindo o exemplo do ex-companheiro Ousmane Dembélé, que boicotou os treinos do Borussia Dortmund para obrigar o clube a vendê-lo ao Barcelona.

Aubameyang foi alvo de uma faixa exibida pela torcida do Borussia neste sábado: "Nenhum jogador é maior que nosso clube". O atacante também foi vaiado por parte dos torcedores.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte