Topo

Esporte

"O técnico me escolheu para cobrar os pênaltis", afirma Neymar

27/01/2018 19h06

Paris, 27 Jan 2018 (AFP) - "O técnico me escolheu para cobrar os pênaltis", declarou neste sábado Neymar, ao mesmo tempo em que felicitou Edinson Cavani por se tornar o maior artilheiro da história do PSG na vitória sobre o Montpellier (4-0), numa tentativa de acabar com as polêmicas na equipe.

"O técnico decidiu isso e eu preciso assumir esta responsabilidade. Conheço minhas responsabilidades e vim aqui para assumi-las", explicou o craque brasileiro.

Neymar, autor de dois gols na vitória sobre o Montpellier, afirmou estar "muito feliz" com a atuação do companheiro uruguaio, que chegou aos 157 gols e se tornou o artilheiro histórico do clube parisiense.

"Estou feliz pelo desenvolvimento do jogo, pela vitória, que é o mais importante. E claro, também por Edi, que se tornou o maior artilheiro da história do PSG. É bom para ele. Estamos todos muito felizes com o que ele alcançou", completou.

O recorde do centroavante uruguaio foi origem de uma pequena polêmica na semana passada. Cavani poderia ter quebrado a marca em 17 de janeiro contra o Dijon (8-0), mas Neymar optou por cobrar o pênalti nos minutos finais, marcando seu quarto gol no jogo.

O fato de não ter cedido a bola para Cavani cobrar o pênalti acabou resultando em algumas vaias da torcida.

Visto pela imprensa espanhola como possível reforço do Real Madrid, Neymar descartou qualquer possibilidade de deixar Paris.

Ao ser perguntado se sentia bem na capital francesa, Neymar respondeu de maneira seca: "Sim, por quê?", antes de deixar a zona mista, sorridente.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte