Topo

Esporte

Vasco volta à Libertadores para enfrentar U. de Concepción

30/01/2018 12h43

Santiago, 30 Jan 2018 (AFP) - Após seis anos ausente, o Vasco da Gama volta em 2018 a disputar a Copa Libertadores, na qual enfrentará nesta quarta-feira o modesto Universidad de Concepción, do Chile, pela segunda fase preliminar do torneio continental.

1. Relembrar velhas glóriasO Vasco se classificou para a Libertadores após garantir o sétimo lugar do Campeonato Brasileiro, se tornando a penúltima equipe do país a garantir uma vaga na competição. Com isso, precisará passar por duas fases preliminares para tentar uma vaga na fase de grupos, a exemplo da Chapecoense, 8ª colocada do último Brasileirão.

O clube carioca tem uma rica história que tenta recuperar este ano na Libertadores, competição que conquistou em 1998, quando contava com um time repleto de estrelas, como Mauro Galvão, Felipe, Juninho Pernambucano, Pedrinho e Donizete.

Sua última participação na Libertadores foi em 2012, quando alcançou às quartas de final da competição, sendo eliminado pelo Corinthians.

2. Ausências importantesA equipe treinada por Zé Ricardo chega ao importante duelo com desfalques de peso que obrigaram o técnico a mexer na equipe antes de enfrentar a equipe chilena.

O volante Nenê, capitão e motorzinho da equipe, se transferiu para o São Paulo na semana passada, enquanto o veterano atacante Luis Fabiano segue afastado dos campos devido a uma lesão crônica no joelho direito.

Também estão lesionados o zagueiro Breno e o lateral Ramon, além do volante Marcelo Mattos e o atacante Kelvin. Já o volante argentino Damián Escudero, que tinha salários atrasados, conseguiu a rescisão do contrato na justiça e deixou o Vasco.

O restante do elenco treinará nesta terça-feira no complexo esportivo da Universidad de Chile.

"O Vasco tem grandes jogadores e todos vão tentar dar seu melhor para honrar esta camisa sagrada", declaro o volante Wellington, após chegar a Santiago na segunda-feira.

3. A ambição do Concepción A Universidad de Concepción se classificou para a Libertadores como quarto representante do Chile. O técnico da equipe, Francisco Bozán, somou ao elenco oito reforços para a competição, com destaque para o atacante uruguaio Santiago Silva e o veterano volante chileno Pedro Morales.

"Falei com Francisco (Bozán) sobre a possibilidade de ser contratado pela equipe. Ele me convenceu com as coisas que disse e seu planejamento para este ano. Também contaram o fato de estar na Libertadores e sua ambição", elogiou Morales.

A equipe chilena vem levando a sério sua segunda participação na Libertadores (a primeira foi em 2004) e realizou uma inédita série de amistosos de pré-temporada na Argentina, sendo derrotado pelo Vélez Sarsfield (1-0), empatando com o Temperley (1-1) e vencendo o Boca Juniors (2-1).

A partida de volta será disputada em 7 de fevereiro, no estádio de São Januário.

Prováveis escalações:

Universidad de Concepción: Cristián Muñoz - Diego Soto, Francisco Alarcón, Felipe Muñoz, Gustavo Mencia - Alejandro Camargo, Michael Lepe, Pedro Morales - Hugo Droguett, Jean Meneses e Jonathan Benítez. T: Francisco Bozán.

Vasco da Gama: Martín Silva - Pikachu, Frickson Erazo, Ricardo, Enrique - Wellington, Desabato, Wagner, Evander - Paulinho e Andrés Ríos. T: Zé Ricardo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte