Topo

Esporte

Tottenham reage e empata com Juventus (2-2) na ida das oitavas da Champions

13/02/2018 20h30

Turim, Itália, 13 Fev 2018 (AFP) - Harry Kane e Christian Eriksen responderam aos dois gols marcados nos primeiros minutos por Gonzalo Higuaín e permitiram ao Tottenham reagir e empatar em 2 a 2 o duelo contra a Juventus em Turim, nesta terça-feira no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

Atrás no placar após Higuaín balançar as redes duas vezes (2 e 9 min), os Spurs foram buscar um resultado mais favorável com Kane (35), primeiro jogador a superar o lendário Gianluigi Buffon em 2018, e Eriksen (72). Com isso, as chances inglesas de buscar uma classificação às quartas de final no jogo de volta, em Londres no dia 7 de março, aumentaram consideravelmente.

A Juve havia vencido as sete partidas que disputou em 2018, somando todas as competições, mas viu a bela sequência freada justamente em seu maior objetivo da temporada, a Champions. Já Buffon não sofria um gol desde a vitória por 3 a 1 sobre o Hellas Verona, em 30 de dezembro.

Do lado inglês, o Tottenham, outra equipe em ótima forma nas últimas semanas, segue sem saber o que é perder em 2018 e o resultado alcançado em Turim obriga os italianos a pelo menos marcar um gol na volta.

Embora o placar final tenha sido favorável ao Tottenham, os minutos iniciais do jogo foram dominados pela Juventus, que abriu 2 a 0 em apenas 10 minutos.

Aos 2, a Velha Senhora abriu o placar em jogada ensaiada: Miralem Pjanic cobrou uma falta na área e Higuaín, de voleio, desviou para superar o goleiro francês Hugo Lloris.

Aos 9, um pênalti cometido por Ben Davies sobre Federico Bernadeschi foi convertido por Higuaín.

A desvantagem no placar obrigou o Tottenham a acordar na partida e, aos 26, Kane teve a chance de diminuir o prejuízo em cabeçada à queima-roupa que Buffon salvou.

Na segunda oportunidade que teve, porém, o artilheiro da Premier League não desperdiçou.

- Reação inglesa -Aos 34, Kane recebeu ótimo lançamento de Dele Alli, driblou Buffon e finalizou com frieza, recolocando o Tottenham no jogo.

Com os ingleses pressionando, a Juve teve ótima chance de esfriar a reação do adversário graças a uma jogada sensacional do brasileiro Douglas Costa, que driblou três adversários e foi derrubado na área por Aurier, no último lance do primeiro tempo.

Higuaín foi para a cobrança do pênalti novamente, podendo marcar seu terceiro gol no jogo, mas acertou o travessão de Lloris.

No segundo tempo, o Tottenham não se rendeu e seguiu atacando em busca do empate e, depois de uma tentativa de longe de Kane que Buffon defendeu, aos 25 minutos, o merecido segundo gol inglês veio aos 27, em cobrança de falta rasteira de Eriksen que o lendário goleiro italiano de 40 anos não conseguiu segurar.

A três minutos para o apito final, Douglas Costa quase deu a vitória à Juve no último lance de perigo da partida.

Em linda jogada individual pela ponta esquerda, o atacante brasileiro deixou os marcadores para trás e cruzou rasteiro para Higuaín, mas Vertonghen apareceu no carrinho para tirar, quase marcando contra a própria meta.

mam-mca/ps

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte