Topo

Esporte

Grêmio inicia defesa do título da Libertadores com empate no Uruguai

27/02/2018 22h25

Montevidéu, 28 Fev 2018 (AFP) - Apesar de dominar a partida, o Grêmio precisou se contentar com um empate em 1 a 1 com o Defensor uruguaio em Montevidéu, nesta terça-feira na estreia no Grupo 1 da Copa Libertadores.

Atual campeão da competição e da Recopa sul-americana, o Grêmio do técnico Renato Gaúcho abriu o placar aos 36 minutos do segundo tempo com Maicon, mas viu o Defensor buscar o empate três minutos depois com Gonzalo Maulella.

O Grupo 1 da Libertadores conta também com Monagas, da Venezuela, e Cerro Porteño, do Paraguai, que também se enfrentaram nesta terça-feira, com vitória dos paraguaios por 2 a 0.

Na próxima rodada, no dia 3 de março, o Grêmio receberá em Porto Alegre o Monagas, enquanto o Defensor viaja para enfrentar o Cerro Porteño.

O Grêmio entrou em campo decidido a impor sua superioridade técnica, mesmo jogando em ambiente hostil em Montevidéu.

Nos primeiros 45 minutos, o Tricolor tomou as rédeas do jogo, controlou a posse de bola e colocou e rondou a área do Defensor sem descanso.

Faltava, porém, acertar o último passe, uma infiltração que deixasse os homens de frente, Luan e Cícero, em condições de finalizar.

Na melhor oportunidade, Ramiro foi quem chegou mais perto de abrir o placar. O volante recebeu na entrada da área aos 33 minutos e arriscou o chute de cara para o gol, mas pegou fraco na bola, que acabou nas mãos do goleiro Reyes.

- Grêmio marca, mas zaga entrega -No segundo tempo, o panorama da partida não mudou. O Grêmio seguiu no ataque, e com mais veemência, após as entradas de Jael e Alisson nas vagas de Jailson e Madson.

Como as infiltrações não funcionavam, o Tricolor gaúcho começou a apostar nos chutes de fora da área, obrigando Reyes a fazer três boas defensas em dois chutes de Cícero e outro de Alisson antes da meia-hora de jogo da segunda etapa.

De tanto tentar, o Grêmio acabou tendo o esforço recompensado aos 35 minutos.

No lance, após Everton arriscar e Reyes defender, a bola sobrou na marca do pênalti e o capitão Maicon apareceu para fuzilar as redes uruguaias.

Inofensivo até então, o Defensor não parecia ser capaz de buscar um empate e tudo indicava que o Grêmio voltaria para casa com os três pontos. Um erro defensivo, porém, estragou a noite gaúcha.

Três minutos depois de sofrer o gol, o Defensor cobrou escanteio na área gaúcha e Maulella, abandonado na área pela marcação do Grêmio, cabeceou colocado para empatar a partida.

Mais Esporte