Topo

Esporte

Missão 'Champions' do PSG começa com tornozelo de Neymar

27/02/2018 15h38

Paris, 27 Fev 2018 (AFP) - A missão 'Champions' do PSG começa com o tornozelo direito de Neymar: após sair de campo de maca no domingo, o brasileiro sofreu uma "entorse" e uma "fissura no quinto metatarso", o que compromete sua presença contra o Real Madrid, embora o técnico Unai Emery acredite "numa pequena chance" que jogue.

Lacônico e difícil de explicar para quem não é especialista. na madrugada de segunda para terça-feira, o PSG finalmente publicou um boletim sobre sua estrela: "Os testes complementares feitos (ecografia e ressonância) confirmaram uma entorse externa do tornozelo direito, mas também existe uma fissura no quinto metatarso".

Pouco mais de 24 horas mais cedo, a imagem de Neymar saindo de campo de maca no clássico contra o Olympique de Marselha (vitória por 3 a 0) disparou o alarme no PSG. Bastava ver a expressão no rosto do presidente do clube, Nasser Al-Khelaifi, quando Neymar caiu no gramado aparentando muita dor, após tentar roubar a bola de um adversário.

- Emery diz que Neymar não será operado -O site globoesporte.com informou que Neymar seria operado e ficaria afastado dos gramados até maio.

Horas depois, Emery desmentiu a informação em coletiva de imprensa: "Sobre Neymar, não há decisão de operação, vamos ver como evolui nos próximos dias".

"Há muita informação de fora, mas a verdade é o que eu digo, que foi o que me passou o médico", continuou.

Emery, porém, foi mais prudente nesta terça-feira sobre as chances do atacante brasileiro entrar em campo na partida de volta da oitavas de final da Champions, na próxima quarta-feira contra o Real Madrid (derrota de 3-1 na ida).

"Hoje, após os exames de Neymar, parece mais difícil do que no domingo que esteja pronto para esta partida. Mas acredito que tem uma pequena chance que esteja preparado", disse o treinador espanhol.

Embora tudo dependa da gravidade da fissura no tornozelo, uma lesão como esta requer várias semanas de repouso, segundo confirmaram diversos médicos procurados pela AFP.

"É fato que esta fissura questiona sua participação em oito dias. A priori, a presença de Neymar neste jogo está fortemente comprometida", explicou à AFP Jean-Marcel Ferret, ex-médico da seleção francesa.

"Pode acontecer dessa fissura se tornar uma fratura se jogar. Ou estará muito exposta, porque este osso é muito frágil, e no futebol é difícil de consolidar. Isso poderia comprometer o restante de sua temporada", completou.

- 'Risco de agravar a lesão' -"Jogar com uma entorse em oito dias, todos já fizeram isso, poderia jogar enfaixado, mas uma entorse associada a uma lesão de osso é complicada. No osso, uma infiltração seria difícil e durante a partida há o risco de agravar a lesão", confirmou à AFP Pascal Maillé, médico-chefe de Clairefontaine, o centro de treinamento da seleção francesa.

O PSG e Neymar precisam colocar na balança o quanto vale a pena arriscar. Além do restante da temporada com o clube parisiense, o brasileiro terá pela frente em menos de quatro meses a Copa do Mundo da Rússia, da qual o Brasil é uma das seleções favoritas ao título. Uma decisão precipitada poderia lhe custar caro.

"O que incomoda mais é a articulação de duas lesões. Normalmente, para uma pessoal normal, uma fissura assim precisa de três semanas de cicatrização. Tudo dependerá de sua gestão, mas o que é certo é que Neymar não estará 100%, é impossível", completou Alain Gosp Server, osteopata da Clínica Maussins, em Paris.

"Até para um jogador de grande talento, até para Neymar, se jogar a 60% de suas capacidades será complicado. Em 2002, na Copa, Zidane sofria de uma lesão na coxa direita. Fizemos ele jogar a última partida de grupos contra a Dinamarca. Ele só usou uma perna e não deu certo", lembrou Pascal Maillé.

O PSG precisará também recuperar sua principal zagueiro, o também brasileiro Marquinhos, que sofreu "uma lesão muscular de grau 1 no quadríceps esquerdo".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte