Topo

Esporte

Neymar "tem tempo suficiente para se recuperar" para a Copa, garante preparador físico

02/03/2018 18h52

Rio de Janeiro, 2 Mar 2018 (AFP) - Prestes a ser operado do pé direito, Neymar poderá estar de volta aos campos um mês antes da Copa do Mundo da Rússia-2018, na melhor das hipóteses. Mas, para Cristiano Nunes, preparador físico do Internacional, o craque da seleção tem tudo para voltar em ótima forma para o Mundial.

- É possível Neymar recuperar a boa forma até a Copa do Mundo voltando de lesão com tão pouco tempo de preparação?

"Sou muito o otimista, ele tem tempo suficiente para se recuperar. A lesão vai interromper o processo competitivo, mas por outro lado vai dar a base para que, quando ele voltar, possa desenvolver todo seu potencial na Copa do Mundo. Ele vai voltar, além da boa forma, com um desejo de jogar futebol, de colocar para fora todo seu potencial. No final da temporada, os jogos são cada vez mais exigentes, não só física como emocionalmente. Em jogos como a reta final da Champions, você tem um cansaço físico e emocional. Quando esse período é interrompido por uma lesão ou qualquer outra razão, você ganha em descanso".

- Qual o processo correto de reeducação e fisioterapia após este tipo de procedimento cirúrgico?

"Se tratando dessa lesão especifica, você tem que ter um cuidado muito grande. Cada vez que acontece uma fratura, o processo de calcificação merece uma atenção especial. Mesmo num curto espaço de tempo, você até consegue trabalhar a condição física do atleta desde que retire totalmente qualquer impacto das suas atividades, com exercícios sem contato com o chão e trabalhos musculares".

- Neymar não corre o risco de sofrer com falta de ritmo de jogo?

"Seria importante, com a lesão totalmente sarada, a fratura calcificada, que ele seja submetido a jogos oficiais, para depois desenvolver todo seu futebol sem nenhum problema. Mas estou otimista, porque Neymar vai passar pelas mãos de Rodrigo Lasmar, um dos médicos mais conceituados, e de fisioterapeutas extremamente competentes. Ele vai voltar, além da boa forma, com um desejo de jogar futebol, de colocar para fora todo seu potencial".

Respostas colhidas por Louis GENOT.

Mais Esporte