Topo

Esporte

Neymar deixa hospital e foco vira recuperação plena da lesão

04/03/2018 16h23

Belo Horizonte, 4 Mar 2018 (AFP) - O atacante Neymar deixou neste domingo o hospital de Belo Horizonte onde operou com sucesso o pé direito no sábado, mudando agora o foco para uma plena recuperação.

O craque de 26 anos do PSG e da seleção brasileira deixou o hospital de helicóptero em direção ao aeroporto da capital mineira, onde embarcou em seu jato privado com destino provável sua casa num condomínio de luxo de Mangaratiba, no litoral do Rio de Janeiro.

Neymar já havia feito breve escala em Mangaratiba na quinta-feira, após chegar de Paris, e publicou nas redes sociais uma foto acompanhado da namorada, a atriz Bruna Marquezine, em seu colo na cadeira de rodas.

Segundo o site Uol, a cidade balneária será sede do "quartel-general" de recuperação do jogador. A casa no condomínio de luxo possui sala de musculação de última geração e uma máquina capaz de produzir 300 kg de gelo por dia, como nos centros de treinamentos dos clubes mais modernos do mundo.

A fisioterapia do craque será responsabilidade de Rafael Martini, profissional que presta serviços ao PSG e à seleção brasileira e que trabalha com Neymar desde o início da carreira no Santos.

- Objetivo Copa -O PSG e a CBF comemoraram no sábado uma procedimento cirúrgico que "decorreu perfeitamente". As duas entidades vigiarão de perto a reabilitação do jogador mais caro do mundo.

Um novo balanço do estado físico de Neymar será realizado em seis semanas, quando se saberá a data precisa da volta aos treinos do jogador.

O pé mais caro do mundo do futebol foi operado pelo cirurgião Rodrigo Lasmar, médico da Seleção brasileira, acompanhado pelo francês Gérard Saillant, famoso por ter operado o joelho do ex-atacante brasileiro Ronaldo e representante dos interesses dos donos catarianos do PSG, que investiram mais de 2,5 bilhões de reais na equipe -com Neymar como peça-chave- para torná-la uma potência mundial.

O PSG ainda espera poder contar com Neymar para o fim da temporada do Campeonato Francês e da Liga dos Campeões, caso a equipe consiga se classificar às fases finais da competição, apesar da derrota por 3 a 1 diante do Real Madrid no jogo de ida das oitavas de final.

Já o Brasil espera que Neymar esteja 100% para a estreia da seleção na Copa do Mundo da Rússia, no dia 16 de junho contra a Suíça.

A cirurgia no pé direito de Neymar, que durou 1h15, "consistiu na colocação de um parafuso associado a um enxerto ósseo colocado ao nível da lesão do quinto metatarso direito", explicou a CBF em comunicado.

- Nenhuma divergência com o PSG -Em coletiva de imprensa pós-cirurgia, Saillant fez questão de afirmar não existir "qualquer divergência" de diagnóstico entre PSG e seleção brasileira, "diferentemente do que vem sendo escrito".

O médico francês se referia a uma matéria do diário esportivo L'Équipe publicada neste sábado, na qual uma fonte próxima ao PSG acusa Lasmar de ter mentido sobre a gravidade da lesão de Neymar ao desembarcar no Brasil, na quinta.

No momento em que o clube parisiense falava em "fissura" no osso do pé de Neymar, uma lesão que afastaria o jogador dos campos por até oito semanas, Lasmar afirmava que, na verdade, tratava-se de uma "fratura" com previsão de recuperação de dois a três meses.

Numa tentativa de apaziguar o ambiente, Saillant revelou também que o craque passava bem após a cirurgia e assistiu ao vivo, de seu quarto no hospital, à vitória por 2 a 0 do PSG sobre o Troyes, pelo Campeonato Francês.

Mais Esporte