Topo

Esporte

Autópsia confirma que Astori faleceu por parada cardíaca

06/03/2018 14h47

Roma, 6 Mar 2018 (AFP) - O capitão da Fiorentina Davide Astori faleceu "como consequência de uma Bradiarritmia", uma queda na frequência cardíaca, segundo os primeiros resultados da autópsia publicados nesta terça-feira pela imprensa italiana.

Os médicos forenses encarregados da autópsia detectaram "uma parada cardíaca, provavelmente como consequência de uma Bradiarritmia", informaram os diários esportivos Corriere dello Sport e Tuttosport.

"Somente em dois meses, quando tivermos o diagnóstico definitivo, poderemos dizer com exatidão que não houve nenhuma outra causa detectável ou outro elemento de qualquer tipo" que pudesse provocar a morte de Astori, explicou Antonio de Nicolo, procurador da República de Udine, cidade onde faleceu o jogador na madrugada de domingo, quando estava concentrado antes de uma partida da Fiorentina contra a Udinese.

Desde domingo, De Nicolo já falava em uma possível morte "por parada cardiorrespiratória por causas naturais", um diagnóstico que a autópsia parece confirmar.

Após a autópsia, o corpo do jogador será entregue à família para ser velado na quarta-feira em Coverciano, centro de treinamento da seleção italiana. O funeral acontecerá na quinta-feira em Florença. Astori será enterrado em Bérgamo.

Mais Esporte