Topo

Esporte

Eliminação do PSG afasta Neymar da Bola de Ouro

07/03/2018 15h18

Paris, 7 Mar 2018 (AFP) - A eliminação do PSG nas oitavas da Champions afasta Neymar do objetivo de conquistar a Bola de Ouro, ao mesmo tempo em que alimenta as especulações sobre uma possível saída de Paris do brasileiro ao fim da temporada, uma ideia relançada nesta terça-feira pelos próprios companheiros de equipe.

Ao término da derrota por 2 a 1 para o Real Madrid (3-1 na ida), os dois zagueiros do PSG deram, talvez sem querer, crédito à possibilidade de uma transferência de Neymar. "Acredito que vai ficar. Ele falou, o pai também. Veremos o que acontece até o fim da temporada, depois da Copa", declarou o capitão do PSG Thiago Silva.

"Pedi a Neymar que fique, é o momento de adquirir entrosamento, ganhar em maturidade como equipe, ter a força neste tipo de jogo", opinou por sua vez o compatriota Marquinhos.

"É um jogador importante para nós. Ele precisa ter confiança em nosso projeto, em nossos jogadores, em nossa comissão. Precisamos de tempo para digerir a frustração, mas, como fizemos no ano passado, temos que dar a volta por cima", continuou Marquinhos, amigo de Neymar desde a conquista do outro olímpico nos Jogos do Rio.

- Relacionamento ressentido -Embora essas declarações alimentem as especulações, a diretoria do clube parisiense, por meio do presidente e dono Nasser Al-Khelaifi, não titubeou: "Queremos manter o projeto, com os dois (Neymar e Kylian Mbappé), porque são o futuro do clube".

Em processo de recuperação da cirurgia no pé direito no Brasil, Neymar postou nas redes sociais mensagens corporativistas de apoio aos companheiros antes e depois da derrota para o Real Madrid.

Mas seu relacionamento com o PSG parece ter sido abalado pela lesão. Na semana passada, antes da cirurgia, o estafe de Neymar deu a impressão de trabalhar sem consultar o clube parisiense.

Neste momento, é a operação Bola de Ouro-2018 que parece seriamente comprometida com a eliminação do PSG na Liga dos Campeões.

Neymar ainda pode brilhar na Copa do Mundo, mas as duas últimas edições do torneio de seleções não influenciaram a escolha do melhor do mundo naquele ano (Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, eliminados respectivamente nas quartas de final em 2010 e na fase de grupos em 2014).

Já o ex-atacante Ronaldo Fenômeno declarou recentemente que "esportivamente falando, a decisão de assinar com o PSG foi um passo para trás".

- Real Madrid de olho -Apesar dos 6 gols em 7 jogos, Neymar viveu sua pior temporada na Liga dos Campeões, competição na qual sempre tinha alcançado pelo menos às quartas de final (campeão em 2015) desde que chegou na Europa para jogar no Barcelona, em 2013.

Os rumores apontam para uma nova transferência, desta vez rumo ao Real Madrid, que não quebra a banca no mercado desde 2014, quando pagou 80 milhões de euros pelo colombiano James Rodríguez.

"Estar em Madri o aproximaria da Bola de Ouro. O Real Madrid é um clube que oferece tudo que um grande jogador precisa para conquistá-la. Todo mundo sabe que o Real quis contratar Neymar num determinado momento", afirmou o presidente do Real, Florentino Pérez, em dezembro.

Mudar de time um ano depois de se tornar a contratação mais cara da história (222 milhões de euros)? A operação poderia jogar contra os interesses do marketing: "Neymar, potencial melhor do mundo num clube Nike como o PSG, é a equação ideal para a marca. Isso conecta o destino dos três, na minha opinião", explica à AFP Vincent Chaudel, especialista em economia do esporte.

ybl-yk/am

Mais Esporte