Topo

Esporte

Para Draxler, PSG errou taticamente contra o Real Madrid

07/03/2018 16h39

Berlim, 7 Mar 2018 (AFP) - "Sem ímpeto, sem explosão..." As duras palavras do alemão Julian Draxler à imprensa de seu país sobre a tática do Paris Saint-Germain contra o Real Madrid (1-2), na terça-feira, foram interpretadas como uma crítica direta ao técnico Unai Emery.

"É preciso pressionar o Real Madrid quando se perdeu por 3-1 na ida, e não ficar circulando a bola com calma à espera de que um gol apareça", afirmou Draxler, reserva na partida e que entrou em campo aos 30 minutos do segundo tempo, quando a partida estava empatada em 1-1 e o PSG jogava com um jogador a menos.

"Acredito que deveríamos ter pressionado o adversário desde o pontapé inicial, e não o fizemos. Por isso nossa eliminação é merecida", criticou em declarações ao site Welt.de, que deu a manchete: "Draxler ataca seu técnico".

Depois de empatar a o jogo de volta, o PSG precisava de mais dois gols para forçar uma prorrogação. "Neste momento eu pensei que talvez fosse melhor pisar no acelerador e jogar no ataque, mas não sei o que aconteceu exatamente. Estou surpreso e triste", explicou o jogador da seleção alemã.

"Quando disputamos um jogo como o de hoje (terça-feira), sem ímpeto, sem explosão, é evidente que não vamos superar o Real Madrid", concluiu.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte