Topo

Esporte

Zidane recusa ter superioridade tática sobre Emery

09/03/2018 14h14

Madri, 9 Mar 2018 (AFP) - O técnico do Real Madrid, Zinedine Zidane, voltou a demonstrar nesta sexta-feira que os elogios não o envaidecem, recusando ser melhor tático que o homólogo Unai Emery, após eliminar o Paris Saint-Germain nas oitavas de final da Liga dos Campeões.

"Hoje sou melhor tático do que Emery? Que idiotice... Para mim é uma bobagem sem tamanho", disse o comandante merengue em coletiva de imprensa antes do duelo contra o Eibar, no sábado.

"É preciso aceitar que em algumas semanas dirão que eu sou um idiota e que outro treinador, porque venceu o jogo, é melhor. É por isso que não vejo as críticas. Olho o que eu faço, a paixão que eu coloco, o trabalho que faço", acrescentou o francês três dias depois de vencer o jogo de volta em Paris (3-1, 2-1).

Alheio às críticas desta temporada, apesar dos dois títulos europeus consecutivos, Zizou garantiu que não considera esta classificação como uma revanche aos críticos.

"Não vou convencer ninguém, cada um tem sua opinião e vai ter durante toda a vida. Inclusive se eu vencer outra vez, e depois outra, porque é sua opinião. Não tenho vontade de mudar isso", ironizou Zidane.

"O importante é que trabalho, coloco elementos em seu lugar. Pode funcionar ou não, mas em qualquer profissão o importante é colocar o coração e trabalho", destacou o francês, que sonha com a possibilidade de um terceiro título de Champions consecutivo.

"Claro que temos muita vontade e paixão por defender nosso título. Vamos tentar até o final, até o último minuto do último jogo. Agora o importante é continuar fazendo o que fazemos bem".

O treinador também defendeu o compatriota Karim Benzema e o galês Gareth Bale. O primeiro vem sendo criticado pela falta de pegada, enquanto o segundo é frequentemente substituído ou começa no banco de reservas.

"Não preciso convencer ninguém. Existem pessoas que sabem de futebol e sabem que Karim é muito bom. O que ele precisa fazer é continuar. Nos nove anos que esteve aqui demonstrou (que merece estar no Real Madrid) com o que conquistou", afirmou Zidane, que também insistiu na importância de Bale para o time.

"Com Gareth não tenho nada, é um jogador fundamental para nós e muito importante", garantiu o francês. O galês não foi titular em nenhum dos jogos contra o PSG na Liga dos Campeões.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte