Topo

Esporte

Daniel Alves culpa falta de conexão do time em eliminação do PSG

11/03/2018 15h59

São Paulo, 11 Mar 2018 (AFP) - O lateral Daniel Alves atribuiu a eliminação do Paris Saint-Germain para o Real Madrid, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, a falta de conexão que o projeto do clube francês ainda sofre.

"As eliminações nas nossas vidas elas não acontecem por acaso. Eu vivi isso na Seleção brasileira, de não haver essa conexão que tem que haver. Esse é um processo de transição que está acontecendo no PSG, não tem essa conexão geral e acaba refletindo dentro do campo", afirmou o jogador neste domingo em entrevista à Globo.

Segundo Dani, uma das principais contratações do clube para a temporada, o time ainda tem muito trabalho pela frente para alcançar os objetivos.

"Para mim o PSG é um clube que está nessa transformação, nesse processo, e vai ter que sofrer um pouco esse processo porque vai ser muito árduo", acrescentou o defensor de 34 anos.

Sem Neymar, recuperando-se de lesão no pé direito, o clube francês perdeu a partida de volta por 2 a 1. No agregado, o Real Madrid superou o duelo por 5 a 2.

Alves comentou sobre a situação do craque brasileiro: "às vezes acham que o Neymar é uma marionete. Não, a criança cresce", garantiu.

Durante a entrevista, o jogador quis abafar as polêmicas sobre os encontrões com Cristiano Ronaldo durante a eliminatória. Para Daniel, os lances foram normais e mostraram um pouco do que não gosta do futebol moderno.

"O futebol está perdendo o brilho que me fez querer ser jogador de futebol. O futebol hoje virou um comércio. Sinceramente cada vez gosto menos de futebol", garantiu.

Por outro lado, o lateral reforçou a vontade de participar da Copa do Mundo da Rússia e conquistar o sexto título mundial do Brasil, seleção que tem a química que falta ao PSG.

Mais Esporte