Topo

Esporte

Fifa diz que futebol grego está "na beira do precipício"

14/03/2018 14h34

Atenas, 14 Mar 2018 (AFP) - Em visita ao país, a Fifa indicou que o futebol grego está "na beira do precipício", nesta quarta-feira, após o aumento da violência nas últimas semanas, cuja gota d'água foi a invasão de gramado pelo presidente do PAOK com uma pistola na cintura.

Como consequência deste capítulo, o campeonato grego está suspenso desde segunda-feira pelo governo, que espera encontrar um novo marco com todos os atores envolvidos.

"Este comportamento nos levou a vir aqui para fazer algumas recomendações", destacou durante coletiva de imprensa o presidente do comitê de vigilância da Fifa responsável pela Grécia, Herbert Hubel, após encontro com o ministro de Esportes, Yiorgos Vassiliadis, e o presidente da Federação Grega de Futebol, Evangelos Grammenos.

"O futebol grego está na beira do precipício, um 'Grexit' - saída da Grécia da Fifa - que parecia longe não está tão distante", destacou Hubel.

Hubel lembrou que existe "uma declaração, promessas, para que todas as partes deixem as armas".

Depois da coletiva, Grammenos explicou que tinham decidido dar prazo, até dia 23 de março, para os diferentes atores do futebol profissional se comprometerem a terminarem com a violência nos estádios e garantirem segurança para os jogos.

Os compromissos serão enviados à federação e transmitidos ao ministro, "que vai decidir sobre esta base se pode ordenar o retorno dos jogos".

O PAOK, cujo presidente pediu desculpas na terça por seu comportamento, pode ser punido com o rebaixamento. O procurador grego de Esportes pediu sanções nesta quarta-feira.

O presidente do PAOK Salónica, o empresário greco-russo Ivan Savvidis, invadiu o gramado para protestar contra uma decisão do árbitro na partida de domingo contra o AEK Atenas.

Savvidis poderia ser sancionado com a proibição de entrar no estádio de três a cinco anos, além de multa de 50.000 euros.

"O objetivo de um jogo é ganhar, mas não pela força nem pelas armas, amaças ou chantagem", acrescentou Hubel.

le-cb/pm/fa

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte