Topo

Esporte

Southgate espera que seleção inglesa esteja alheia à crise diplomática

15/03/2018 14h58

Burton-on-Trent, Reino Unido, 15 Mar 2018 (AFP) - Gareth Southgate, técnico da seleção da Inglaterra, declarou nesta quinta-feira que ele e seus comandados querem ir à Rússia, apesar do contexto de tensão política e diplomática entre Reino Unido e o país sede da Copa do Mundo.

"Temos vontade de ir para o Mundial, apesar de eu não ter o poder para decidir se vamos ou não", declarou Southgate durante convocação para os amistosos contra Holanda e Itália.

"Nos preparamos para o Mundial e não existe nenhuma dúvida de que é o que precisamos fazer", acrescentou o treinador. "O mais importante agora para nós é que se garanta a segurança para nossos jogadores e nossos torcedores", avaliou.

Southgate destacou que se os torcedores decidirem não irem para a Rússia para a Copa, o time sofreria dessa escolha.

"Sempre é um enorme empurrão para nós, quando nossos torcedores nos acompanham na viagem", afirmou.

Na quarta-feira, a primeira ministra britânica Theresa May anunciou represálias contra Moscou pela tentativa de assassinato com uma arma química do ex-espião Serguéi Skripal e sua filha Yulia em solo inglês, na cidade de Salisbury.

Entre as medidas, May anunciou que nenhum membro do governo ou da família real visitará o país durante a Copa do Mundo.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte