Topo

Esporte

Del Potro derruba Federer e conquista Masters 1000 de Indian Wells

18/03/2018 20h37

Indian Wells, Estados Unidos, 18 Mar 2018 (AFP) - O argentino Juan Martin del Potro derrotou o suíço Roger Federer, número 1 do mundo, e se sagrou campeão do Masters 1000 de Indian Wells, neste domingo na Califórnia.

Del Potro, sexto cabeça de chave do torneio, conquistou seu primeiro título da carreira de um torneio da categoria Masters 1000 ao superar Federer em três sets, parciais de 6-4, 6-7 (8/10), 7/6 (7/2), após duas horas e 42 minutos de jogo.

O argentino, 29 anos, campeão do US Open em 2009, precisou resistir a três match-points de Federer antes de virar a partida no terceiro set e fechar o jogo no tie-break.

Com a campanha na Califórnia, Del Potro ganhará duas posições no ranking ATP a partir desta segunda-feira e será o novo número 6 do mundo.

Federer era tido como grande favorito em Indian Wells, onde defendia o título conquistado no ano passado. Aos 36 anos, o suíço chegou ao torneio californiano invicto na temporada, com 17 vitórias seguidas e vindo de vitória no Aberto da Austrália, em janeiro.

Nas semifinais, Federer já havia sofrido para eliminar o jovem croata Borna Coric (5-7, 6-4, 6-4). Na final, o melhor tenista do mundo voltou a se sentir muito pressionado em quadra, desta vez pela precisão e força de Del Potro.

Com um saque firme, Del Potro aproveitou a quebra que teve no primeiro set para garantir a parcial em 6-4, sem muito esforço.

No segundo set, Federer precisou batalhar para levar a partida ao tie-break, no qual viu Del Potro ter um match-point. O suíço, porém, conseguiu virar o placar e fechar em 10/8.

Na terceira etapa, o cenário da partida pareceu se inverter. Enquanto Federer vencia com mais facilidade seus games de saque, Del Potro começava a tropeçar, até ter o serviço quebrado em 4-5.

Sacando para fechar a partida, Federer teve dois match-points, mas foi a vez de Del Potro mostrar toda sua resiliência, devolvendo a quebra e levando o jogo para um segundo e decisivo tie-break.

Renovado, o argentino reencontrou a precisão do início da partida com sua forte direita e dominou Federer, fechando a partida em 7/2.

am

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte