Topo

Esporte

Chefe da Volvo Ocean Race dá como morto velejador britânico desaparecido

27/03/2018 20h08

Wellington, 27 Mar 2018 (AFP) - O presidente da organização da Volvo Ocean Race, Richard Brisius, afirmou nesta terça-feira que não há esperanças de encontrar com vida John Fisher, o participante britânico que caiu ao mar no Pacífico Sul.

"Dada a temperatura fria da água e o estado agitado do mar, e com o tempo decorrido desde que caiu da embarcação, temos que dar John por perdido", declarou Brisius em comunicado.

"Toda a organização da Volvo Ocean Race envia seus sinceros pêsames à família de John, aos amigos e companheiros, e faremos tudo em nosso poder para ajudá-los neste momento difícil", completou.

Brisius explicou que uma investigação sobre o caso foi aberta, admitindo que "há muitas perguntas" sobre a maneira como aconteceu o acidente, embora a prioridade é apoiar os devastados companheiros de Fisher.

"A tripulação está, evidentemente, emocional e psicologicamente abatida diante do que acabaram de viver e nosso único objetivo agora é proporcionar todo o apoio e ajuda que precisam", explicou.

As esperanças de encontrar Fisher com vida haviam sido reduzidas quando a piora nas condições meteorológicas obrigou um veleiro da Volvo Ocean Race a abandonar a busca pelo velejador britânico.

John Fisher caiu do barco de Hong Kong "Sun Hung Kai/Scallywag" às 10h42 (horário de Brasília) de segunda-feira a 1.400 milhas náuticas (2.600 km) ao oeste do Cabo de Hornos, território chileno na extremidade sul do continente sul-americano.

O barco disputava a sétima etapa desta regata de vela ao redor do mundo com escalas em Auckland, na Nova Zelândia, e Itajaí, em Santa Catarina.

Fisher usava colete salva-vidas quando, em meio a uma tempestade, caiu no mar devido aos fortes ventos. A temperatura da água rondava os 9ºC.

O barco procurou o velejador por cerca de 12 horas antes de se ver obrigado a abandonar as buscas devido às condições meteorológicas.

A Volvo Ocean Race, que largou de Alicante, na Espanha, em 22 de outubro, conta com 11 etapas e termina em final de junho em Haia, na Holanda. Ao início da sétima etapa, o barco "Sun Hung Kai/Scallywag" ocupava a terceira posição.

VOLVO AB

SUN HUNG KAI PROPERTIES

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte