Topo

Esporte

Capitão da Austrália de críquete se desculpa em lágrimas por manipulação

29/03/2018 17h01

Sydney, 29 Mar 2018 (AFP) - Entre lágrimas, o ex-capitão do time australiano de críquete, Steve Smith, assumiu nesta quinta-feira "total responsabilidade" pelo escândalo da bola manipulada que sacudiu o esporte, conhecido pelos valores 'gentlemen'.

"Assumo total responsabilidade" do incidente, declarou com a voz entrecortada pela emoção. Steve Smith chegou ao aeroporto de Sidney procedente da África do Sul, onde ocorreu o caso.

"Cometi um grave erro de julgamento e entendo as consequências. Lamento", falou o agora ex-capitão antes de cair em lágrimas.

Smith e David Warner perderam os títulos de capitão e segundo capitão, sendo proibidos de jogarem por 12 meses tanto na Austrália quanto no exterior.

O companheiro Cameron Bancroft, autor material de uma artimanha que "desonrou" o esporte tido como "de cavalheiros", recebeu suspensão de 9 meses pelo Cricket Australia (CA), órgão reitor do esporte que tem grande popularidade na Ásia e na Oceania.

Bancroft utilizou uma fita adesiva amarela com terra colocada de um lado da bola, com o objetivo de mudar a trajetória do lançamento e dificultar a rebatida do adversário.

Quando percebeu que tinha sido flagrado, Bancroft tentou esconder a prova do delito dentro das calças.

QANTAS AIRWAYS

COMMONWEALTH BANK OF AUSTRALIA

Asics

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte