Topo

Esporte

Médicos do futebol: China pagou 1 milhão de euros por milagreiro brasileiro Santos

29/03/2018 14h53

Xangai, 29 Mar 2018 (AFP) - Brasileiro como Neymar, sua saída do Zenit ao Shanghai SIPG custou um milhão de euros ao clube chinês. Mas como trabalha Eduardo Santos, especialista em curar em tempo recorde e adepto da acupuntura desde sua chegada ao país asiático?

"No meu programa, misturo o método ocidental com o que nos acostumamos na Ásia", expõe Eduardo Santos à AFP. "Não posso chegar à China e dizer aos jogadores chineses, que são seguidores da medicina chinesa desde a infância, 'esqueçam o que fazem habitualmente'. Não gosto disso".

O especialista de 38 anos, que chegou ao Shanghai SIPG provavelmente como o primeiro médico do futebol negociado por um valor substancial (1 milhão de euros), se tornou adepto da acupuntura na Ásia.

O brasileiro é oficialmente "responsável do departamento médico" do SIPG, onde comemora poder contar com a confiança dos técnicos, primeiro o português Andre Villas-Boas e desde novembro de 2017 o também luso Vitor Pereira.

"Damos ao técnico um bom quebra-cabeça, já que pode escolher qualquer jogador para jogar. Não tinham machucados", lembra Santos, que chegou ao futebol europeu no Vitesse Arnhem da Holanda, antes de se mudar para o Zenit e para o SIPG.

Em Xangai, dispõe de oito pessoas em sua equipe, todas chinesas, para poder aprender com eles.

- Espírito aberto -Santos afirma ter recusado ofertas de grandes clubes europeus para continuar trabalhando com total liberdade no SIPG, que tem "espírito aberto".

Para o brasileiro, alguns clubes europeus não dão importância suficiente para o desenvolvimento do seu departamento médico.

Sua reputação está baseada em alguns êxitos a nível médico, como o atacante brasileiro Hulk, "senhor músculos".

"Em uma época, tinha muitas lesões e problemas. Observando Hulk, você diz: 'é um jogador muito forte'. Mas tinha músculos frágeis, isquiotibiais em mal estado", afirmou Santos.

"Tinha muita potência no nível de quadríceps, mas nada nos isquiotibiais. Por isso, começamos a equilibrar seus músculos após uma avaliação pessoal, que nos permitiu encontrar o problema e estabelecer um programa de cura e prevenção. Desde então, não teve problemas", disse sobre o atacante de 31 anos.

- David Luiz, Falcao, Mangala... -Os resultados espetaculares levantaram desconfiança de alguns colegas.

"Eu sou um cientista. Me baseio em trabalhos publicados", explica por exemplo à revista France Football o médico Jean-Pierre de Mondenard.

"Se quiser evitar dúvidas, não deve continuar no mistério. É esse mistério que desencadeia suspeitas", acrescentou.

De qualquer modo, muitos viajam de longe para uma consulta com o médico, batizado de "doutor milagreiro" pela imprensa francesa em 2015, quando recuperou o zagueiro brasileiro David Luiz em tempo recode.

A época no Paris Saint-Germain, o brasileiro queria disputar as quartas de final da Liga dos Campeões contra o Barcelona, apesar de lesão nos isquiotibiais. Diante da surpresa geral, desafiando qualquer diagnóstico, conseguiu disputar 69 minutos no jogo de ida e toda a partida de volta, mas não pôde evitar a eliminação do clube francês.

Outros pacientes do médico brasileiro: o goleiro brasileiro Heurelho Gomes (Watford), o zagueiro francês Eliaquim Mangala (Everton), o belga Mousa Dembélé (Tottenham) e o colombiano Radamel Falcao (Monaco).

"Não fazemos milagres", garantiu Santos apesar de tudo, sem poder impedir o sorriso ao se lembrar do apelido "doutor milagreiro".

"Faço ciência e está claro que os resultados obtidos são muito bons. No futebol, a maioria das lesões são nos isquiotibiais. No SIPG, não temos este tipo de lesões", afirmou.

pst/cda/psr/dr/fa

CSL

SANTOS LTD

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte