Topo

Esporte

Presidente do PAOK é proibido de entrar em estádios por três anos

29/03/2018 12h23

Atenas, 29 Mar 2018 (AFP) - A liga de clubes do futebol grego (Superliga) anunciou nesta quinta-feira que o presidente do PAOK, Ivan Savvidis, que invadiu o gramado com uma pistola na cintura no jogo contra o AEK, está proibido de entrar nos estádios por três anos.

A liga também aplicou multa de 100.000 euros ao mandatário do clube e tirou três pontos do time. O PAOK também deverá pagar 63.000 euros, mas as punições podem ser recorridas diante da Federação.

"A punição é dura, é o resultado da pressão pela tempestade midiática contra o PAOK", comentou o clube, indicando que vai recorrer à decisão.

Esta punição "não vai dobrar o PAOK", acrescentou o clube, afirmando que está servindo de "bode expiatório" e que paga "por todos os pecados do futebol grego".

A invasão do gramado por Savvidis com uma pistola na cintura, para protestar por uma decisão do árbitro, interrompeu o gramado grego por algumas semanas. O torneio recomeça neste final de semana, apesar da ameaça da Fifa de suspender os clubes do país.

Dirigido por influentes empresários, com relações privilegiadas com o mundo da política, o futebol grego é sacudido periodicamente por episódios de violência e casos de corrupção.

jph-hec/cb/iga/psr/fa

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte